Esportes » Federação Mato-grossense de Futebol tem novo presidente: Aron Dresch

NOVO PRESIDENTE

Redação 24 Horas News

Federação Mato-grossense de Futebol tem novo presidente: Aron Dresch

Ele conquistou 22 votos contra 15 dados a João Carlos de Oliveira Santos, que nos últimos 30 anos havia sido o eterno vice-presidente de Carlos Orione, morto no final do ano passado

Federação Mato-grossense de Futebol tem novo presidente: Aron Dresch

A Federação Mato-grossense de Futebol tem um novo presidente. Foi eleito na tarde desta quinta-feira o empresário e presidente do Cuiabá Esporte Clube, Aron Dresch. Ele conquistou 22 votos contra 15 dados a João Carlos de Oliveira Santos, que nos últimos 30 anos havia sido o eterno vice-presidente de Carlos Orione, morto no final do ano passado.

A chapa Renovação, encabeçada por Aron Dresch é composta pelo presidente do Sinop Esporte Clube, Agnaldo Turra, como 1º vice-presidente. Também por Márcio Pardal, que é diretor do Mixto. Pelo diretor do Cacerense, Márcio Lacerda e Sandro Roberto da Silva, que é presidente da Liga Amadora de Nova Bandeirante.

O novo presidente terá um salário de R$ 25 mil, pagos pela Confederação Brasileira de Futebol e promete levantar o futebol mato-grossense, que vem sofrendo a décadas com uma decadência, sem torcidas nos estádios e sem prestígio nos jornais cuiabanos e mato-grossenses.

Aron Dresch é presidente do Cuiabá desde 2013 e conquistou o tricampeonato estadual, uma Copa Verde, além do título da Copa FMF Sub-21. Agora, para assumir a presidência da Federação em maio terá que deixar o comando do Cuiabá Esporte Clube, pois antes mesmo de confirmar sua candidatura já havia informado que não seria possível acumular as 2 funções.

Para Aron Dresch, o resultado da votação expressa o desejo comum dos dirigentes dos clubes em renovar a administração da FMF e garantir um futuro sólido, pautado por mudanças necessárias e que direcionem o futebol mato-grossense aos padrões de excelência e qualidade que o esporte exige. “Vamos trabalhar com profissionalismo e transparência”, disse.
 

COMENTÁRIOS ATENÇÃO: Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do 24 Horas News