Esportes » Ibope confirma crescimento de Emanuel Pinheiro e empate técnico na primeira colocação

COMEMORANDO CRESCIMENTO

Redação 24 Horas News

Ibope confirma crescimento de Emanuel Pinheiro e empate técnico na primeira colocação

Pinheiro abriu 7 pontos de vantagem do candidato tucano

Ibope confirma crescimento de Emanuel Pinheiro e empate técnico na primeira colocação

A pesquisa do Ibope da TV Centro América, para a cidade de Cuiabá, confirma que o candidato ao cargo de prefeito Emanuel Pinheiro (PMDB) é o que mais cresce nas intenções de voto. Ele está empatado tecnicamente com o candidato do Psol.

Segundo a pesquisa, Pinheiro tem 27 pontos contra 30 do candidato do Psol. Como a margem de erro da pesquisa é de 4 pontos percentuais, para mais ou para menos, os dois estão empatados tecnicamente.

O resultado demonstra também que Emanuel Pinheiro abriu 7 pontos de vantagem do terceiro colocado, o candidato do PSDB.

"Sabíamos desse crescimento. Sabíamos que a nossa campanha tinha ganhado a aceitação das ruas. Porque estamos todos os dias em contato com a população, pedindo voto e apresentando as nossas propostas de governar Cuiabá de casa em casa", disse.

O resultado, de acordo com o prefeito reforça o sentimento de que ele, o vice Niuan Ribeiro e toda a equipe "estão no caminho certo por uma Cuiabá mais sensível aos problemas sociais e econômicos". "Isso é um combustível para toda a nossa equipe, para todos os nossos eleitores, para mostrar que as nossas propostas estão sendo bem aceitas. E que devemos, continuar e, mais ainda, redobrar o trabalho de conquistar os eleitores da nossa maravilhosa Cuiabá", frisou.

Em comparação com a pesquisa passada, realizada no dia dois de setembro, Pinheiro tinha 22 pontos. Foi um crescimento de 5 pontos.

Rejeição

O tucano Wilson Santos continua o mais rejeitado entre os eleitores cuiabano. Ele tem 48%. Emanuel Pinheiro tem apenas 10%.

 Público da pesquisa

Foram entrevistados 602 eleitores entre os dias 13 e 15. A confiabilidade da pesquisa é de 95%. 

COMENTÁRIOS ATENÇÃO: Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do 24 Horas News