LEITURA NA ESCOLA

Escolas públicas têm até 30 de abril para solicitar reserva técnica e remanejamento

A Reserva Técnica se destina a ajustar a quantidade real do alunado e as quantidades de livros disponíveis em cada escola, quando o remanejamento de livros não for suficiente.

Redação 24 Horas News | 21/04/2017 09:51:01

A Secretaria de Educação, Esporte e Lazer (Seduc) alerta sobre a data-limite para que as escolas da rede pública façam a solicitação de Reserva Técnica e de remanejamento dos livros didáticos, no portal do Fundo Nacional de Desenvolvimento da Educação (FNDE). O prazo se encerra em 30 de abril.

A Reserva Técnica se destina a ajustar a quantidade real do alunado e as quantidades de livros disponíveis em cada escola, quando o remanejamento de livros não for suficiente.

Para isso, a Coordenação-Geral dos Programas do Livro (CGPLI), do Governo Federal, disponibilizou, em 2017, um sistema específico para realizar a Reserva Técnica. O PDDE interativo foi utilizado como plataforma para o desenvolvimento do sistema. Essa plataforma é uma ferramenta de apoio à gestão escolar desenvolvida pelo Ministério da Educação, em parceria com as Secretarias de Educação e está disponível para todas as escolas públicas cadastradas no Censo Escolar.

As escolas devem acessar o site pdeinterativo.mec.gov.br e realizar o seu diagnóstico. Em seguida, o sistema mostrará o saldo de livros da escola. Se houver falta de livros, a escola solicita a quantidade que falta.

O técnico Anderson Rogerio Pereira, do Núcleo de Projetos Educacionais da Seduc, explica que cabe à secretaria analisar e validar esses pedidos de Reserva Técnica solicitada pelas escolas, realizando os ajustes necessários. “Antes de solicitar reserva técnica ou remanejamentos, é importante que a escola se certifique de que todas as encomendas destinadas à unidade foram recebidas”.


ATENÇÃO: Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do 24 Horas News