Notícias » Saúde e Vida » Secretarias de Acorizal se unem para combater risco de epidemia de dengue

COMBATE AO MOSQUITO

18/03/2017 - 20:08:02
Da Assessoria

Secretarias de Acorizal se unem para combater risco de epidemia de dengue

A ação foi tomada devido os números apresentados pelo Levantamento Rápido do Índice de Infestação (LIRA) de Acorizal

Secretarias de Acorizal se unem para combater risco de epidemia de dengue

A Secretaria de Saúde, juntamente com a Secretaria de Meio Ambiente realizaram durante esta semana várias reuniões para informar sobre perigo da epidemia da dengue, e mostrar as ações que estão sendo tomadas para conter o avanço do mosquito Aedes Aegypti.

A secretária de saúde, Leia Bianca e o secretário de meio ambiente, Cássio Mesacasa estão visitando várias escolas, onde estão ministrando palestras para orientar os profissionais e alunos da rede de ensino.

A ação foi tomada devido os números apresentados pelo Levantamento Rápido do Índice de Infestação (LIRA) de Acorizal.

De acordo com os secretários, esta ação de orientar a popular será apresentada durante um longo período, preparando os moradores para o grande dia D, marcado para o dia 6 de abril de 2017, quando todos os moradores serão convocados a colocar na frente de suas casas todo objeto que possa servir de criador do mosquito da dengue.

Vários alunos e profissionais da educação falaram que a iniciativa é de extrema importância para o conhecimento e a saúde dos moradores.

O prefeito Clodoaldo Monteiro (PSDB) disse que trabalhar com prevenção evita muitos problemas, desde saúde, que seguindo as orientações dos secretários, dificilmente as pessoas irão pegar dengue, impedindo o mal-estar, até econômico, com os gastos de medicamentos.

“Nós preocupamos com a qualidade de vida da população, a dengue é uma doença que ameaça o Brasil todo, cada um tem que fazer a sua parte, nós não podemos perder para um mosquito”, declarou Clodoaldo. 

COMENTÁRIOS ATENÇÃO: Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do 24 Horas News