Notícias » Tecnologia & Ciência » Servidores criam nova rotina de trabalho que diminui tempo de resposta para setor madeiro em mais de 100%

RESPOSTA RÁPIDA

14/03/2017 - 10:19:39
Redação 24 Horas News

Servidores criam nova rotina de trabalho que diminui tempo de resposta para setor madeiro em mais de 100%

Hoje o checklist é realizado em até 24 horas sendo exigidos 14 documentos. E a análise técnica é realizada em até 3 dias

Servidores criam nova rotina de trabalho que diminui tempo de resposta para setor madeiro em mais de 100%

 

Uma iniciativa dos servidores da Coordenadoria de Créditos de Recursos Florestais (CCRF), setor que também responde pelo Cadastro de Consumidores de Produtos Florestais(CC-SEMA) criou uma nova rotina de trabalho aprimorando os procedimentos que permitiu redução de em mais de 100% do tempo de resposta nas demandas que atendem principalmente o setor madeireiro.

 

"Em 2016 decidimos fazer um planejamento para criar uma rotina de trabalho mais funcional e eficiente, apresentamos para os servidores do setor que abraçaram a ideia e começamos a desenvolver o trabalho otimizando o tempo de resposta dos procedimentos. Hoje o checklist de documentos para se dar entrada num processo que antes demorava até 10 dias é feito em 24 horas e a análise dos processos que antes demorava 50 dias hoje é feito em até 3 dias", explicam Evandro Müller, coordenador de Créditos de Recursos Florestais e Davi Palma da Silva Pereira, gerente de Controle de Recursos Florestais e que fizeram o planejamento junto com servidores do setor por iniciativa próprias.

 

No ano de 2016 a CCRF respondeu por 85,05% do Total de Processos protocolados junto à SEMA através da Plataforma e-SAC. Deste total, que representam 5241, processos, corresponderam a Processos de Cadastros Novos de CC-SEMA e Renovações de cadastro de CC-SEMA o montante de 3929 processos, ou seja, 74,97% do montante dos Processos e-SAC destinados ao setor.

 

Eles explicam que anteriormente, os protocolos eram aceitos com 4 documentos no checklist para depois serem distribuídos para a análise técnica que podia demorar até 50 dias.

 

Hoje o checklist é realizado em até 24 horas sendo exigidos 14 documentos. E a análise técnica é realizada em até 3 dias.

 

Evandro e Davi comentam que não houve contratação de nenhuma consultoria para criar a nova rotina e que foi a iniciativa do setor que proporcionou oferecer um trabalho mais eficiente com menos tempo de resposta. "Nossa equipe é formada por 12 servidores, todos comprometidos com o trabalho e em cumprir as metas estipuladas e por isso o setor tem conseguido esse desempenho", finalizam.

 

DEMANDA- No ano de 2016 a CCRF executou 16.395 procedimentos operacionais para atender 13.345 demandas do setor madeireiro.  

COMENTÁRIOS ATENÇÃO: Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do 24 Horas News