Notícias » Nacional » Suspeito de 10 homicídios é preso após tentar matar namorada

MATADOR PROFISSIONAL

18/03/2017 - 11:09:37
Redação 24 Horas News

Suspeito de 10 homicídios é preso após tentar matar namorada

Mulher se trancou no banheiro e conseguiu chamar polícia, que prendeu ele

Suspeito de 10 homicídios é preso após tentar matar namorada

Um jovem de 18 anos foi preso na noite de quinta-feira (16) após tentar matar a namorada, de 15 anos, na cidade de Feira de Santana, a cerca de 100 km de Salvador. Segundo a Polícia Civil, ele já era suspeito de matar 10 pessoas, nos útimos dois anos, também em Feira.

O suspeito estava na própria casa, localizada na Travessa Caravelas, bairro Chácara São Cosme, quando tentou matar a namorada. Ela escapou porque se trancou no banheiro e pediu socorro pelo celular, ganhando tempo para que os policiais chegassem ao local e a resgatassem.


Segundo a polícia, o rapaz completou 18 anos no dia 2 de março deste ano. O suspeito foi conduzido à Delegacia Especial de Atendimento à Mulher (Deam/Feira) e autuado pela delegada titular Maria Clécia Vasconcelos, que já obteve da Justiça a prisão preventiva do jovem.


Segundo a polícía, ele confessou vários crimes dos quais já era suspeito. Ele disse que agia cumprindo ordens recebidas de dentro de presídios para executar as pessoas. Entre as vítimas, estão Jeferson França Souza, morto em julho de 2016, na Chácara São Cosme; Walace de Oliveira Torres, em agosto de 2016, em Senador Quintino; Vera Lúcia Silva Alves, em setembro de 2016, na Praça da Paquera; Jocivaldo Costa de Oliveira, em fevereiro de 2017, no Tomba, João Vítor dos Santos Paixão, em março deste ano, na Chácara São Cosme.


O criminoso revelou ainda à polícia que participou de um quíntuplo homicídio ocorrido no dia 21 de agosto de 2016, no bairro Portelinha, juntamente com outros criminosos. Com as ocorrências registradas na Delegacia do Adolescente Infrator (DAI), a delegada solicitará a internação provisória dele pelos homicídios praticados quando ainda era adolescente e, caso condenado, cumprirá medida socioeducativa por até três anos. 

COMENTÁRIOS ATENÇÃO: Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do 24 Horas News