“Nem todos que cometem suicídio tem depressão”

Suicídio ainda é um tema tabu na sociedade e o assunto praticamente não discutido, o suicídio faz vítimas silenciosamente.

O psicólogo Douglas Amorim fala sobre o assunto. 

“Todas as pessoas pensam em morte para fugir dos problemas, mas isto vira problema quando a pessoa a planeja. Nem todos que se suicidam sofrem de depressão”.

O psicólogo não atrela todos os casos de suicídio a depressão ou outras doenças, e sim, com o despreparo do indíviduo em tratar os momentos ruins da vida. “Tem pessoas que conseguem superar os momentos de tristeza, que pensam que as coisas ruins são só para elas. O suicídio não vem de uma doença e sim de uma inabilidade de lidar com as suas questões negativas”, conta o psicólogo. 

Douglas fala que existe uma forma de tratamento para que o paciente faça aquilo que não é obrigado, a psicoeducação. “Ensinar as pessoas que elas podem lidar com seus problemas, ajudando-as a terem hábitos positivos, fazendo aquilo que gostam. Elas fazem muitas vezes coisas obrigadas, e isso lhes deixam tristes. As pessoas devem fazer suas escolhas”.

Diferença da depressão em adolescente e adultos

A depressão é uma doença psicológica causada por uma série de transtornos psicológicos que podem ter inúmeras origens, desde problemas físicos como sociais. O principal sintoma é uma tristeza profunda e sem fim, ela pode passar despercebida por anos, mas aos poucos atrapalha a qualidade de vida, é desencadeadora de doenças, mas o mais grave: a desesperança e falta de vontade de viver.

Hoje existe cerca de 121 milhões de pessoas no mundo diagnosticadas com depressão, segundo estimativa da Organização Mundial da Saúde (OMS). O primeiro passo, segundo a mesma instituição, é o reconhecimento dos sintomas.

O psicólogo Douglas Amorim comenta a diferença na forma de depressão de jovens e adultos. “A depressão em adolescentes são, normalmente, mais perigosas. Eles não tem habilidade de lidar com algumas situações, se afastam de pai e mãe, por não ter responsabilidade e focam mais na dor. Já nos adultos é mais difícil a manutenção, a maioria se acomoda ou acostuma com a depressão e usam como saída álcool, drogas e dependências emocionais. Eles não percebem que existe um problema psicológico”.

Drogas como refúgio

Muitos buscam as drogas para esquecer os problemas da vida. O psicólogo Douglas comenta que, então, todos que se deparam por uma experiência ruim, passam por uma estruturação mental. Pois, usam algo para amenizar automaticamente. A maioria busca isto em drogas e álcool. “Qualquer tipo de exagero para diminuir a dor é uma alternativa muito perigosa, pois ajuda a pessoa a ter uma depressão”, declarou. 

Baleia Azul

Começou com uma notícia falsa e atingiu adolescentes, principalmente, com vulnerabilidade psicológica. “Haviam ameaças a família do participante, como eu digo, eles se divorciam dos pais. Os pais precisam se aproximar dos adolescentes, eles se cortavam para diminuir uma dor existencial dentro deles”, falou o psicólogo Douglas Amorim.

O "jogo" virtual é suspeito de ter causados diversas vítimas, como uma adolescente encontrada morta em uma lago na cidade de Vila Rica (1.259 km de Cuiabá).

Confira alguns artistas do mundo do Rock que suicidaram:

Kurt Cobain, vocalista Nirvana

Kurt Cobain 

Antes de cometer suicídio em 1994 Kurt Cobain, vocalista e guitarrista da banda Nirvana, deixou uma carta de despedida. No texto, ele narra sua solidão e problemas de relacionamento possivelmente causados por excesso de drogas e álcool. A tal carta veio à tona logo após sua morte e chegou a ser lida em um programa de TV pela viúva do músico, Courtney Love.

Confira trecho da carta do vocalista do Nirvana

“Por exemplo, quando estamos atrás do palco e as luzes se apagam, e o ruído ensandecido da multidão começa, isso não me afeta do jeito que afetava Freddie Mercury, que parecia amar, se deliciar com o amor e adoração da multidão, que é algo que eu admiro e invejo totalmente. A verdade é que não consigo enganar vocês, nenhum de vocês. Simplesmente não é justo nem com vocês nem comigo. O pior crime que posso imaginar seria enganar as pessoas sendo falso e fingindo como se eu estivesse me divertindo 100%. Às vezes eu sinto como se eu tivesse que bater o cartão de ponto antes de subir ao palco. Eu tentei tudo ao meu alcance para gostar disso (e eu tento, por Deus, acreditem em mim, eu tento, mas não é o suficiente). ....

...Obrigado do fundo do meu ardente e nauseado estômago por suas cartas e preocupação nestes últimos anos. Eu sou um bebê errático e triste! Eu não tenho mais a paixão, e por isso lembre-se, é melhor queimar de vez do que se apagar aos poucos”, escreveu Kurt.

Champgion, baixista Charlie Brow Jr.

Champgion

O ex-integrante da banda  Charlie Brown Jr.  Luiz Carlos Leão Duarte Junior, conhecido como Champignon, foi encontrado morto com um tiro na boca na madrugada do dia (9) de setembro de 2013  em seu apartamento na região do Morumbi. Polícia confirmou suicídio após investigações. Na noite da sua morte, ele tinha desabafado sobre algumas críticas que recebeu na internet, após os integrantes lançarem a banda "A Banca", que tinha Champignon como vocalista.

Vizinhos disseram que a polícia foi chamada depois de um barulho de tiro vindo do apartamento do baixista por volta de 0h30. Policiais militares e uma equipe do Samu foram ao local e já encontraram Champignon morto.

Chris Cornell, vocalista do Soudgarden

Crhis Cornell

A causa da morte do cantor Chris Cornell de 52 foi enforcamento. O vocalista dos grupos Soundgarden e Audioslave, morreu no dia 17 de maio deste ano, em Detroid, nos Estados Unidos. Chris Cornell tinha acabado de se apresentar com o Soundgarden em um show na cidade horas antes de ser encontrado no hotel com uma faixa em volta do pescoço.

 A notícia da morte do cantor foi divulgada por seu representante, Brian Bumbery, que chamou a morte de Cornell de "súbita e inesperada".

Chester Bennington, vocalista do Linkin Park

Chester Bennington

Chester Bennington, do Linkin Park, morreu após se enforcar, segundo relatório divulgado pela polícia de Los Angeles nesta sexta-feira. Ele não deixou carta alguma no local. O vocalista deixa seis filhos. Antes de sua morte foi divulgado um clipe da banda. 

O cantor morreu no dia do aniversário de seu amigo Crhis Cornell, do Soudgarden, que também suicidou por enforcamento.

Ele lutou por anos contra drogas e álcool, e disse em uma entrevista no ano passado que já havia pensado em suicídio porque foi abusado quando criança, por um homem mais velho.


Mais de Douglas Amorim