Mato Grosso em destaque

O Brasil nos últimos anos vem sofrendo uma avalanche de notícias, nada alvissareiras, no senário político, econômico e social. Mato Grosso, quebrando paradigmas na arte, através da cantora cuiabana, Laís Yasmin, 27 anos. Ela vem obtendo uma performance invejável no reality show The Voice Brasil, dona de uma das vozes mais bonitas em minha opinião do Brasil, forte candidata ao título.

O nosso Estado nos últimos anos, vem se tornando vitrine, de notícias negativas, no que tange: saúde, educação, transporte público, saneamento básico e por ai vai. Sem falar, nos casos políticos bombásticos, envolvendo poderes constituídos de diferentes esferas, que corriqueiramente, vem sendo citadas nas diferentes páginas, de sites e jornais de grande circulação nacional e internacional.

Quando surge um fato novo, envolvendo uma cuiabana que se desponta em um reality show musical importantíssimo, como The Voice Brasil, que está em sua sétima edição; ela se desponta, chegando a semifinal, isto, é motivo de alegria e satisfação para todos nós.

Chegar a semifinal é algo memorável, vamos à classificação por time. No time Ivete, na decisão votação pelo público com 41,30% dos votos, ficou Kevin. Na segunda escolha; esta feita pela Ivete, ela resolveu continuar em seu time, com Edson.

No time Teló, permanecem na disputa, Léo Pain o mais votado pelo público com 53,39% e segue no programa, ao lado de Laís yasmin, escolhida por Teló.

No time Brown, permanecem na disputa, Murilo, salvo pelo público com 46,18% dos votos, em segundo lugar, Erica, escolhida pelo baiano para continuar na competição.

No time Lulu, permanecem na disputa, Priscila salva pelo público com 56,66%, e a escolhida pelo Lulu, foi a Isa, que permanecerá em sua equipe, assim ficaram definidos os semifinalistas para próxima fase do programa, que acontece na próxima terça-feira dia 25/9.

A nossa torcida para Laís Yasmin, é inconteste, acredito piamente em seu potencial, pois, além de possuir uma das melhores vozes do país na minha modesta concepção, ela tem muita calma e determinação; poucos cantores profissionais tem este segundo elemento, que é primordial para esse tipo de competição.

Falar de arte, sem rebuscarmos o simbolismo da mesma, seria no mínimo uma temeridade, diante disso, buscamos fatos relacionados à referida cantora em questão, que propague esse simbolismo.

Segundo informes, Laís Yasmin casou-se com o publicitário Milton Neves Netto, na sexta-feira 7 de setembro, em uma cerimonia no Jockey Clube de São Paulo.

No decorrer do evento, ela teria cantado 17 vezes, coincidência ou não, esse número através do simbolismo, pode ter uma visão mística ou mítica (relativo aos mitos), ou algo parecido, em função da propagação do número 17 nos dias atuais. Em resumo, uma linda festa, estamos na torcida para que a Laís Yasmin seja vencedora, até a vitória.

Professor Licio Antonio Malheiros é geógrafo (liciomalheiros@yahoo.com.br)