Porque transformar

 

Apósanalisar os acontecimentos da vida, e constatar que fatos passados se repetem, vem sempre as perguntas e não compreensão não se completa, e vem o porquê, e se os fatos se repetem, é sinal de que alguma coisa está errada nas escolhas, logo, é chegado o momento de mudar transformar o seu querer e o seu viver.


Cada dia nos traz a possibilidade de atingir metas, e cada pequena evolução, nos traz a sensação de prazer pelo crescimento, mas os adeptos pelo comodismo preferem ficar vendo a vida passar e vivendo de conforto ancorado sossego de nunca arriscar ou por medo de perder um jogo que nunca começou. O processo evolutivo é interrompido que as pessoas optam pelo mais fácil, e desistem em dar o primeiro passo.


Na vida quase tudo envolve algum tipo de troca e mudanças necessárias, e essas mudanças vêm acompanhadas de novas energias ou de pensamento positivos; que a cada dia traz uma série de transformações, mudanças de opiniões ou de aceitamento de novos valores.
Somente o choque motivacional, com repetidas tentativas de utilizar a potencialidade individual, tendo como alvo o que queremos atingir, mesmo que seja para conhecer o desconhecido ou o novo, e isso, é que provoca uma sensação de felicidade, libertando até aquelas pessoas reclusas nos casulos sociais e ligadas a costumes ou tradições que as prendem ao saudosismo, e que ao por a cara na janela e começar a olhar o mundo como um grande painéis de esperança, verá que lá fora a vida pulsa e a possibilidade de crescimento é real, é só tentar.


O importante é ter a capacidade de desapegar-se dos detalhes negativos que dominam o pensamento e que às vezes ficam infiltrados grandemente na memoria seletiva, mas para sair desse estado de desânimo e dispor a estar aberto para receber algo pelo fator da troca. Há que reconhecer, que em cada amanhecer a vida nos dá infinitas possibilidades de crescimentos, pois na verdade todos nós nascemos com estrela própria, mas muitos preferem viver sem brilho.


Falar é fácil, mas viver é muito mais fácil, mas na verdade têm pessoascom vocação para complicar a vida pelos pensamentos depressivos, é que muitos ficam a reviver o passado de tristeza e pouco fazem para bem aproveitar o presente, sabendo que o futuro depende do que estamos fazendo agora.


Wilson Carlos Fuah – É Especialista emRecursos Humanos e Relações Sociais e Políticas.
Fale com o Autor: wilsonfua@gmail.com


Mais de Wilson Carlos Fuá