Além de Jô: As filhas mais carrascas das novelas da Globo

iG Gente | 18/06/2019 04:35:13

Mentira, inveja, ganância e interesse são os ingredientes essenciais para que as filhas mais carrascas da TV possam existir; abaixo, separamos seis delas

Que Josiane (Agatha Moreira), ou melhor, Jô, não é flor que se cheire, todo mundo já sabe. “A Dona do Pedaço” mal começou e o público já pôde perceber que a filha de Maria da Paz (Juliana Paes) não é a herdeira perfeita e está longe (bem longe!) de ser.

Desde que Jô chegou às telinhas da Globo, o ranço dos telespectadores foi instantâneo. Mentirosa, falsa, dissimulada e interesseira, a moça tem feito de tudo, e mais um pouco, para ter o que sempre quis: o dinheiro da mãe e fama, já que pretende ser uma influencer digital conhecida.

No entanto, não é de agora que as filhas carrascas estão presentes nas novelas brasileiras. Abaixo, selecionamos as seis herdeiras mais terríveis das telinhas e que deixaram suas mães de cabelo em pé.

Em 1988, Maria de Fátima, interpretada por Glória Pires, já tocava o terror em “Vale Tudo”. E, principalmente, na relação com a mãe, Raquel, vivida por Regina Duarte. A relação das duas era complicadíssima e a culpa, claro, era da jovem. Na trama, chegou a humilhar a própria mãe por conta de sua origem humilde.

Em “Segundo Sol”, Rochelle (Giovanna Lancellotti) também era uma filha difícil de lidar. Invejosa, mau caráter e desrespeitosa, a jovem (que também queria ser famosa e ter dinheiro) adorava humilhar a mãe, Karen (Maria Luisa Mendonça).

Quando chegou à trama de “Duas Caras”, Sílvia (Alinne Moraes) parecia ser uma moça doce, romântica e apaixonada. No entanto, se deixou levar por uma paixão doentia por Ferraço (Dalton Vigh) e ninguém poderia ser capaz de pará-la. Sua mãe, Branca (Susana Vieira), bem que tentou, mas a jovem era difícil. Brigas e discussões entre mãe e filha eram constantes e a relação das duas era péssima.

Uma das filhas de Tereza (Lília Cabral) e Marcos (José Mayer) era mimada, invejosa (elas sempre são, né?) e fazia de tudo para chamar a atenção dos pais. A mãe da jovem bem que tentou colocá-la em seu devido lugar, mas era complicado. Discussões pesadas eram rotina e Isabel (Adriana Birolli) chegou a levar uma surra da matriarca da família.

Já pensou em uma relação entre mãe e filha tão ruim, mas tão ruim, a ponto de uma roubar o namorado da outra? Pois é! Com Lívia (Grazi Massafera) e Sophia (Marieta Severo) em “O Outro Lado do Paraíso” foi assim.

Juntas, as duas planejaram destruir a vida de Clara (Bianca Bin) por dois motivos: Sophia queria os diamantes da nora e Lívia, queria o filho da cunhada. A relação das duas era tão bizarra que, a partir de um certo momento da trama, o objetivo de uma era destruir a outra, e vice-versa.

Além de Jô em “A Dona do Pedaço” e de todas as outras personagens citadas, em “Espelho da Vida”, Isabel (Alinne Moraes) aparentava ser uma jornalista bonita, inteligente e atraente. Porém, no decorrer da trama, o público descobriu a outra face da moça: dissimulada, mau caráter e mentirosa. A filha de Edméia (Patricya Travassos) possuía uma relação conturbadíssima com a mãe, com quem discutia quase que o tempo todo.

Fonte: IG Gente