VAI MORRER

Apos ser denunciado, Vinicius aparece morto, em "O outro lado do paraíso"

Extra | 07/02/2018 07:40:00

Dez dias depois dessa denúncia, Vinícius acaba morrendo esfaqueado na cadeia. Antes disso, o delegado responde ao processo por assédio e é condenado. A essa altura, Lorena (Sandra Corveloni) já terá percebido o verdadeiro caráter do marido.

Um dos momentos mais esperados em “O outro lado do paraíso” já foi gravado e a sequência promete ser muito emocionante. É quando Laura (Bella Piero) vai à delegacia para prestar queixa e denunciar o padrasto, Vinícius (Flavio Tolezani), por abuso. A menina, no entanto, é surpreendida pela chegada dele, que nega as acusações e pressiona Bruno (Caio Paduan) para não acolher a denúncia. O delegado nega as acusações e ao ver Laura chorando, descontrolada, ele acusa a enteada de estar fora de si. Rafael (Igor Angelkorte) se irrita e parte para cima do padastro da mulher e é contido por Patrick (Thiago Fragoso). Bruno diz que é seu dever acolher a denúncia e Laura diz que Vinícius é um monstro.

Morte na cadeia

Dez dias depois dessa denúncia, Vinícius acaba morrendo esfaqueado na cadeia. Antes disso, o delegado responde ao processo por assédio e é condenado. A essa altura, Lorena (Sandra Corveloni) já terá percebido o verdadeiro caráter do marido.

Sem perdão

Walcyr Carrasco explica a decisão de matar o delegado dez dias depois de ele ser desmascarado. “Foi um desenvolvimento de personagem sensacional, o que contraditoriamente torna impossível sua continuação na história. Quem o perdoaria, depois do que fez?”.

Lorena vai embora

Com a morte do marido, Lorena também deixa a novela. Ela decide ir embora e diz à filha que não aguentará viver numa casa cheia de má recordação. Lorena aceita a proposta de Aldo, o pai de sua filha, que oferece a ela um emprego em sua empesa em São Paulo.


ATENÇÃO: Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do 24 Horas News