Bom Sucesso: plano sinistro de Diogo falha e Sofia é envenenada

MARCELO NOBRE | 19/09/2019 09:28:16

A sequência está prevista para ir ao ar em meados de outubro

DIVULGAÇÃO TV Glorbo

Em breve, Diogo (Armando Babaioff) vai levar à frente mais um plano macabro para tirar a vida de Alberto (Antonio Fagundes) em Bom Sucesso. O vilão tentará envenenar o dono da editora Prado Monteiro. No entanto, a ação não vai ocorrer como ele planejou e colocará a vida de Sofia (Valentina Vieira) no fio da navalha.

Incapaz de esperar a morte do sogro – que está com uma gravíssima leucemia –, pois deseja logo colocar as mãos na herança dele, Diogo resolve envenená-lo. Assim, faz uma pesquisa na internet e escolhe um veneno que seja fatal e não deixe rastros. Então, realiza a compra e logo está com a substância em suas mãos. Gisele (Sheron Menezzes), sua amante, acompanha tudo e se torna sua cúmplice no caso.

A oportunidade que Diogo tanto espera para pôr seu plano em prática surge logo. Numa tarde, pouco antes de todos na mansão de Alberto se reunirem para tomar chá, Sofia demonstra seu desejo de brincar pelo casarão interpretando uma história infantil e todo mundo embarca na fantasia: seu avô, Nana (Fabíula Nascimento), Marcos (Romulo Estrela) e Paloma (Grazi Massafera). Enquanto isso, Bezinha (Thays Garayp) arruma a mesa para o chá e deixa tudo pronto. Hora de o vilão agir.

Sob o olhar de Gisele, Diogo se aproxima de onde Alberto normalmente se senta – a cabeceira da mesa – e pinga algumas gotas de veneno na xícara que está nesse lugar. Em seguida, se afasta e volta para perto da amante, que fica chocada com a frieza dele. Pouco depois o grupo se reúne à mesa, mas um detalhe torna todo o plano dramático para os facínoras: em vez do patriarca dos Prado Monteiro, é Sofia quem se senta à cabeceira, onde está o chá envenenado. Enquanto Gisele fica em pânico, Diogo tenta pensar rápido numa forma de impedir que o pior aconteça.

A sequência em que Diogo tenta matar Alberto envenenado está prevista para ser exibida em meados de outubro.

Jornalista:  MARCELO NOBRE

Fonte: Metrópoles