Cheiro de comida pode engordar, segundo pesquisa americana

ISABELLA CAVALCANTE | 14/07/2017 08:00:03

A teoria foi confirmada em experiência com ratos, mas não foi testada em humanos

Reprodução

Um grupo de pesquisadores da Universidade da Califórnia em Berkeley descobriu algo impressionante: cheirar comida antes de consumir pode causar ganho de peso. A conclusão é que o corpo decide com base no cheiro se aquela gordura será armazenada ou queimada.

O teste foi feito com ratos divididos em três categorias. Alguns ficaram temporariamente sem o olfato enquanto comiam, outros mantiveram o olfato normal e o último grupo teve o olfato amplificado. Todos foram alimentados com a mesma quantidade e mesma dieta rica em gordura, apelidada de “dieta do Burger King” pelos pesquisadores.

Os ratos sem olfato quase não engordaram, enquanto os com olfato normal dobraram de peso e os com olfato ampliado foram os que mais ganharam quilos extra.

Sobre aplicar isso em humanos, os pesquisadores não se mostraram muito a favor. Eles dizem que o truque funcionaria em pessoas, mas que traria grandes riscos, dentre eles a depressão. Segundo os especialistas, remover temporariamente o olfato anularia o gosto da comida, o que causaria perda de prazer ao comer.