Chevrolet Equinox chega com pegada esportiva por R$ 149.900

Novo SUV vindo do México impressiona pelo bom desempenho. Confira as nossas primeiras impressões do modelo 2.0, turbo, de 262 cavalos

| 20/10/2017 16:15:02
Chevrolet Equinox:  aposta na longa lista equipamentos e no bom rendimento do motor 2.0, turbo, o mesmo do Camaro
Cauê Lira
Chevrolet Equinox: aposta na longa lista equipamentos e no bom rendimento do motor 2.0, turbo, o mesmo do Camaro

A GM lança no Brasil o novo SUV Chevrolet Equinox, modelo que chega para complementar a lacuna entre Tracker e Trailblazer. O carro aposta em uma boa mecânica, amplo espaço interno e lista de equipamentos de série digna de carros mais caros, tudo por R$ 149.990, preço fechado da versão única Premier, que vai ser usada em outros modelos da Chevrolet daqui para frente.  

LEIA MAIS: Jeep Renegade Trailhawk: o lado radical do SUV compacto

Durante as primeiras impressões ao dirigir o Chevrolet Equinox   fomos até o interior de São Paulo e voltamos à capital paulista.  Ao volante do novo SUV, a primeira sensação é de estar em um Cruze.  Não apenas pelo painel, que segue a linguagem global da Chevrolet, mas também na posição de dirigir.  Mas apesar do uso de bons materiais, e de revestimentos emborracgados,  sentimos falta de um pouco de variedade para um modelo que parte de R$ 149.900. Porém, nas portas, há uma grande área com acabamento de couro.

Espaço interno não será um problema para a sua família. Mesmo com tração integral e câmbio automático de nove marchas, o Equinox dispensa o túnel central alto. Cinco adultos conseguem viajar com muito conforto, sendo que os ocupantes do banco traseiro também irão se beneficiar de ajustes individuais. Bom também é o espaço no porta-malas, de 468 litros, com diversas galerias para otimizar o espaço. Bem mais espaçoso que um dos principais rivais, como o  Jeep Compass, que tem  410 litros.

LEIA MAIS: A Guerra dos SUVs não é pra qualquer um. Confira!

Camaro?

Não é sempre que se pode acelerar um SUV, turbinado, de 262 cv de potência. Claro, quem compra um utilitário esportivo está mais interessado no quanto o carro pode suprir suas necessidades urbanas, mas o Equinox consegue entregar algo a mais. Levo o acelerador ao assoalho, e recebo uma patada violenta enquanto as costas grudam no banco. O jornalista que acompanhava o test-drive ao meu lado solta uma exclamação de surpresa enquanto leva as mãos à alça de apoio na lateral. O Equinox é bruto e tem desempenho digno de esportivo. Seu motor, aliás, é o mesmo 2.0 turbo que equipa a versão de entrada do Camaro nos Estados Unidos.

Muito de seu desempenho vem da otimização no uso de materiais leves na carroceria. Há apenas 23% de aço em sua composição, sendo que o resto consiste em materiais nobres. São apenas 7,5 segundos para atingir os 100 km/h. Mas pegue leve nas curvas, pois o jogo de suspensão do Equinox oscila, e exige certa cautela.

Painel do Chevrolet Equinox lembra o do Cruze, inclusive por componentes como quadro de instrumentos e volante
Chevrolet Equinox
Painel do Chevrolet Equinox lembra o do Cruze, inclusive por componentes como quadro de instrumentos e volante

Essa característica some nas retas, onde você conduzirá o seu SUV esportivo com um sorriso de canto de boca. E apesar da caixa de nove velocidades ser bem elástica, o Equinox faz apenas 8,4 km/l na cidade e 10,1 km/l na estrada, de acordo com a fabricante.

Ouro destaque do Equinox fica por conta das "babás eletrônicas" que a Chevrolet instalou. Alerta de ponto-cego, alerta de colisão frontal, assistente de permanência em faixa e sistema de frenagem automática são alguns dos que marcam presença. A fabricante também desenvolveu um sistema para evitar que o condutor esqueça o bebê no banco de trás. Se a porta traseira for aberta e fechada em um determinado intervalo de tempo, o Equinox irá interpretar que o motorista colocou uma criança na cadeirinha do banco de trás. Ao desligar o carro, um alerta sonoro será emitido enquanto o computador de bordo emite a mensagem “conferir o banco traseiro”. Será que funciona mesmo? É algo a ser conferido numa avaliação mais detalhada.

LEIA MAIS: Jeep Compass Limited Diesel: o aventureiro de verdade

De fato, o Equinox é uma boa aposta em seu segmento, mas não tem vida fácil contra o principal rival que faz tanto sucesso. O Jeep Compass caiu no gosto do brasileiro, e sua versão Limited Diesel acaba cruzando em preços com o Equinox. Fabricado no Brasil, o Compass Diesel pode ser adquirido com uma boa quantidade de equipamentos por R$ 157.990, e acaba ganhando do modelo da GM no consumo de combustível. Ele faz bons 9,4 km/l de diesel na cidade, e 11,8 km/l na estrada. Confira a ficha técnica do GM Equinox abaixo:

Chevrolet Equinox Premier

Preço: R$ 149.900
Motor: 2.0, turbo, gasolina
Potência: 262 cv a 5.500 rpm
Torque: 37 kgfm a 4.500 rpm
Transmissão: automática de nove marchas
Suspensão: McPherson (dianteira), Multilink (traseira)
Freios: discos nas quatro rodas
Pneus: 235/50 R19
Dimensões: 4,6 m (comprimento), 1,84 m (largura), 1,69 m (altura), 2,72 m (entre-eixos)
Porta-malas: 468 litros
Consumo:  8,4 km/l na cidade e 10,1 km/l na estrada (segundo o Inmetro)
0 a 100 km/h: 7,5 segundos
Vel. máx: 220 km/h limitados eletronicamente



Fonte: IG Carros

ATENÇÃO: Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do 24 Horas News