CULTURA CUIABANA

Cultura cuiabana ganha espaço importante com o teatro Zulmira Canavarros

Jornalista Jonas Jozino | 19/09/2019 07:10:03

Peças, shows e palestras buscam atender diferentes públicos

Nesta quinta-feira, 19 de setembro, é comemorado o Dia Nacional do Teatro. A Assembleia Legislativa reconhece a importância desse espaço de cultura e por isso possui o Teatro do Cerrado Zulmira Canavarros, local reconhecido por receber peças, shows, palestras e seminários e que também promove outros eventos de finalidade cultural e educativa.

Desde 2017, a celebração ganhou um complemento e passou a ser também o Dia Nacional do Teatro Acessível como forma de levar ao público geral a demanda de pessoas com deficiência por espaços de cultura com acessibilidade física e comunicativa. “O teatro atende todos os requisitos para contemplar as pessoas com deficiência, elevadores, poltronas, uma equipe completamente preparada para receber essas pessoas. A gente tem essa alegria imensa de poder acolher todos os públicos”, afirma a diretora do Teatro do Cerrado Zulmira Canavarros, Daniella Paula Oliveira.

Ela lembra ainda que a Lei Estadual nº 10.938, sancionada recentemente, foi fruto de proposta da Assembleia Legislativa. Já em vigor, o texto assegura aos acompanhantes de pessoas com deficiência o benefício da meia-entrada em eventos socioculturais realizados no estado. “Essa lei trata de pessoas com deficiência não somente física, mas também com deficiência mental e sensorial”, ressalta Daniella Paula Oliveira.

A diretora do teatro também busca tornar o Zulmira Canavarros acessível para alunos de escola pública. O produtor cultural e cineasta Luiz Marchetti garante que o espaço está de portas abertas a todos e lembra que por iniciativa da equipe do local foram realizados projetos como o “Cerrado Musical”, com artistas locais de trabalho autoral e o “Cine Social”, em que alunos de escolas públicas vinham até o teatro para assistir a um filme na tela grande. “É um palco coringa”, descreve sobre a versatilidade do espaço. O foyer do teatro já recebeu também lançamentos de livros e brechós para arrecadar recursos a instituições filantrópicas.

Outro orgulho para o Teatro Zulmira Canavarros é o de ser o principal local de apresentações da Orquestra CirandaMundo, lembra Luiz Marchetti. “Eles [jovens integrantes da orquestra] percebem o poder da música dentro dessa acústica [do teatro]. O CirandaMundo dentro do Zulmira Canavarros mostra o potencial até de uma carreira”, completa.

Cotidiano – Toda a movimentação é possível graças ao trabalho de pessoas como Zeid Alabi, responsável pela logística, e dos técnicos de luz e som, respectivamente, Marcio Vinicius de Araújo Camargo e Jair da Silva Souza. Alabi faz a escala de serviço a partir da agenda do teatro, cuida do espaço, conversa com produtores, mantém o espaço em perfeitas condições de uso e organiza os reparos quando necessários.

Já os técnicos Marcio Vinicius Camargo e Jair Souza estão presentes em todos os eventos. Quando o Zulmira vai receber algum espetáculo ou palestra trabalham normalmente das 8h às 23h para que tudo corra bem. Passam muitos fins de semana no espaço e dizem ser muito felizes dessa maneira. “Amo, não vivo mais sem”, garante Souza. “Buscamos sempre fazer algo diferente e sempre melhorar”, conta Camargo.

O Teatro do Cerrado Zulmira Canavarros funciona em parceria com a Assembleia Social (antiga Sala da Mulher). Por isso, muitas vezes o ingresso para os eventos realizados no espaço envolve a entrega de alimentos e outros produtos. As doações são encaminhadas a instituições cadastradas, como hospitais e abrigos.