ESTAVA REVOLTADO

Peter Murphy, do Bauhaus, é detido e expulso de seu próprio show por jogar garrafas em fãs

G1 | 14/12/2018 07:03:48

Ele se revoltou com falhas técnicas durante apresentação na Suécia, segundo jornais locais.

 

Peter Murphy, vocalista do Bahaus, foi detido e expulso de seu próprio show em Estocolmo, na Suécia, por jogar garrafas na direção de seus fãs.

Segundo jornais suecos, ele se revoltou com problemas técnicos e chutou parte do cenário. Depois, o cantor de 61 anos arremessou garrafas e copos. Antes de ser detido, ele empurrou um dos policiais.

O objetivo do cantor era acertar o técnico que estava na mesa de som da casa de show. Mas quem acabou se machucando foi um fã, hospitalizado com ferimentos leves.

De acordo com a produção da casa de show Nalen Stora Salen, a atitude foi "inaceitável".
"Com uma música faltando, o empresário e a equipe técnica do artista decidiram terminar o show. A mesa de som ficou danificada... Por enquanto, estamos investigando o que aconteceu. Se mais alguém da plateia estiver ferido, entrem em contato para que prestemos queixa na polícia", disse a produção do evento, em comunicado.

Vinda ao Brasil
Murphy e o baixista David J tocaram no Brasil em outubro. A turnê atual do vocalista celebra os 40 anos do grupo. Eles são responsáveis pela gravação de clássicos do rock gótico como "Kick in the Eye", "Ziggy Stardust" e "She's in Parties".