Rose Hanbury, a Marquesa que lança sombras sobre o casamento de William e Kate

iG Gente | 12/06/2019 18:05:13

Da infância distante do luxo à vida em castelos como Marquesa, saiba tudo sobre a nobre que é apontada como o caso extraconjugal do príncipe William

Bela, recatada e do lar. É assim que Rose Hanbury, de 35 anos, poderia ser definida. Todavia, nos últimos dias o nome da nobre inglesa vem sendo relacionado a um problema da Família Real: a suposta turbulência no casamento do Príncipe William e Kate Middleton.

Segundo tablóides como Daily Mail, The Sun e In Touch, Rose Hanbury seria o pivô do "iminente" divórcio entre o Príncipe William e Kate Middleton. Apesar de a Família Real não ter divulgado nenhum comunicado sobre o assunto, a história vem ganhando musculatura com o surgimento de fotos de William com Rose, aparições de Rose sem aliança e os frequentes rumores de que o casamento do herdeiro de Diane com Middleton não está bem das pernas.

Afinal, quem é a mulher que está abalando as estruturas da monarquia britânica?

Filha de Timothy e Emma Hanbury, Rose não tinha uma linhagem nobre no início de sua vida, mas tinha um estilo de vida abastado. Com a adolescência, ela e sua irmã, Marina, decidiram enveredar para o ramo da moda, no qual trabalharam como modelos na agência inglesa Storm.

Decidida a fazer algo mais de sua vida, Rose largou as passarelas para dedicar-se à carreira política. A jovem atuou como pesquisadora parlamentar de Michael Gove, até que em 2010 resolveu casar-se com David Cholmondeley, filho do Marquês de Cholmondeley.

Herdando por benefício matrimonial o título de Marquesa de Cholmondeley, finalmente, uma Hanbury ascendia à nobreza. O casamento aconteceu em Chelsea Town Hall, em Londres, e contou com toda a pompa, tradição e protocolos que qualquer casamento da nobreza demanda.

À época, a união surpreendeu a revista Hello que, ainda em 2009, quando Rose e David  anunciaram o noivado, alegou que os pombinhos esperavam um bebê - o que, segundo as tradições, não é permitido. Um dia após a divulgação desta notícia, os dois se casaram.

Em outubro de 2009, Rose deu à luz a gêmeos, apesar de os meninos serem esperados para chegar em janeiro. Com a vida nos trilhos, o casal mudou-se para o Houghton Hall, uma mansão de arquitetura palladiana situada em Norfolk.

As conexões entre Rose e Kate começam em 2011, quando a Duquesa se casou com o neto da Rainha Elizabeth II. Como o Anmer Hall, onde Middleton mora, é localizado nas proximidades da mansão de Rose, as nobres passaram a frequentar os mesmos círculos sociais, nos quais firmaram amizade, trocaram conversas e se viram com frequência.

A mídia já especulava que o casamento de Kate e William não passava por bons momentos. Ao The Sun uma fonte próxima ao clã Real declarou que o herdeiro de Diana trata sua esposa como “empregada” e que além disso era “ríspido” com ela. Todavia, até maio de 2019 não havia uma figura feminina na cena, só existiam dificuldades maritais.

No entanto, nos últimos dias, imagens de um suposto encontro entre William e Rose chamou atenção da mídia que passou a culpar a Marquesa pelos problemas na relação com o príncipe. Para corroborar a mídia, durante este turbilhão, Rose fez uma aparição sem aliança - o que automaticamente a colocou no cenário e mostrou que seu casamento também foi afetado.

Com base em toda a especulação, que pode ter procedência ou não, a imprensa britânica rotulou Rose de “Ex-amiga de Kate”, “Rival de Kate” e até “Rival rural de Kate”.

Com isso, segundo o Daily Beast, membros da realeza teriam enviado, por meio de um escritório de advocacia, uma carta à imprensa ameaçando tomar ações legais caso a polêmica tomasse proporções maiores. Apesar da atitude soar sensata, a existência e autonomia dela não foi confirmada por ninguém dos Windsor-Mountbatten.

Aos 35 anos de idade, Rose Habury, a suposta pivô do divórcio entre Middleton e William, têm três filhos: os gêmeos Alexander e Oliver e uma menina chamada Íris. Independente da participação da nobre neste caso da Família Real, a verdade parece longe de aparecer.

Fonte: IG Gente