SÉRIE A

Corinthians vence São Paulo mais uma vez no Itaquerão

Redação 24 Horas News / Gazeta Esportiva | 26/05/2019 20:42:30

Corinthians volta a campo na quinta-feira, contra o Deportivo Lara, pela Sul-Americana

Gazeta Press

O Corinthians segue soberano diante do São Paulo na sua arena. Na noite deste domingo, em partida válida pela sexta rodada do Campeonato Brasileiro, o Alvinegro foi superior na medida necessária ao rival, marcando um gol com Pedrinho logo no começo da partida e sabendo anular as tentativas do Tricolor. Destaque ainda para Fagner, o melhor em campo, tanto com a bola no pé quanto na marcação de Alexandre Pato.

Com o resultado, o Timão chega a 11 pontos conquistados, mesmo número do São Paulo, mas ultrapassa o rival no saldo de gols. Ambos estão no G-4, cinco atrás do líder Palmeiras.

Na próxima rodada, os comandados de Fábio Carille terão uma folga, já que o confronto diante do Goiás foi adiado por tempo indefinido pela Confederação Brasileira de Futebol (CBF). O time atua na quinta-feira, contra o Deportivo Lara, pela Sul-Americana, na Venezuela, e só volta a jogar pelo torneio nacional no dia 8, contra o Cruzeiro, fora de casa.

Cuca e seu elenco, por outro lado, encaram o mesmo Cruzeiro, no domingo, dia 2, no Morumbi.

FICHA TÉCNICA
CORINTHIANS 1 X 0 SÃO PAULO

Local: Arena Corinthians, São Paulo (SP)
Data: Domingo, dia 26 de maio de 2019
Horário: 19h (de Brasília)
Árbitro: Flavio Rodrigues de Souza
Assistentes: Marcelo Carvalho Van Gasse e Daniel Luis Marques
VAR: Rodrigo Guarizo Ferreira do Amaral
Público: 39.378 pagantes
Renda: R$ 1.916.228,30
Cartões amarelos: Júnior Urso, Danilo Avelar, Sornoza (Corinthians); Antony, Igor Vinícius, Hudson, Hernanes (São Paulo)
Gols:
CORINTHIANS: Pedrinho, aos sete minutos do primeiro tempo

CORINTHIANS: Cássio; Fagner, Manoel, Henrique e Danilo Avelar; Ralf e Júnior Urso; Pedrinho (Mateus Vital), Sornoza e Clayson (Ramiro); Vagner Love (Gustagol)
Técnico: Fábio Carille

SÃO PAULO: Tiago Volpi; Igor Vinícius (Igor Gomes), Arboleda, Bruno Alves e Reinaldo; Hudson, Tchê Tchê e Vitor Bueno (Helinho); Antony, Pato e Everton (Hernanes)
Técnico: Cuca