Crise política volta a agitar bastidores do Santos e Peres perde mais um Gestor

Ig Esportes | 22/09/2018 11:20:02

José Carlos de Oliveira é o quarto a deixar o órgão que toma decisões administrativas no clube; pressão em cima do presidente fica ainda maior

O presidente do Santos, José Carlos Peres, perdeu mais um membro do Comitê de Gestão, órgão que estatutariamente toma decisões administrativas no clube. Para evidenciar ainda mais a crise política, José Carlos de Oliveira é o quarto a deixar o executivo.

Para pessoas próximas José Carlos de Oliveira já havia manifestado insatisfação com a crise política no Santos e com o estilo de Peres e a vontade de deixar o Comitê de Gestão antes do dia 29 (data da assembleia geral de sócios para votação do impeachment).

Além de José Carlos de Oliveira deixaram o órgão em julho os empresários Andrés Rueda, Urubatan Helou, Hanie Issa.

"As pessoas que apoiaram as ideias do Peres de administrar o Santos e mesmo as que foram convidadas se cansaram do que chamam aqui no clube de autoritarismo dele", revelou à reportagem um conselheiro com livre acesso no segundo andar da Vila Belmiro.

O Comitê de Gestão do clube da Baixada Santista agora é composto pelo presidente José Carlos Peres, o vice Orlando Rollo (desafetos declarados), Pedro Dória Mesquita, Estevam Juhas e Fabio Gaia.

Três indicações de Peres para substituir os primeiros demissionários do órgão foram rejeitadas no Conselho Deliberativo do Santos. Acusações de fraude no sistema de sócios e "guerrilha virtual" na semana que antecede a votação serão os proximos capítulos da batalha pelo poder no Peixe.


ATENÇÃO: Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do 24 Horas News