SEM MAS

Cuiabá não recorrerá da decisão do TJD

Redação 24 Horas News / Olhar Esportivo | 06/12/2018 15:34:48

Dourado entende que nova paralisação prejudicaria as outras equipes

Foto:Luis Rodrigues
Os primeiros jogos da semifinal da Copa FMF aconteceram na noite desta segunda-feira (03.12), o Dom Bosco venceu o Poconé por 2 a 0 e o clássico entre Mixto e Operário Várzea-grandense terminou empatado em 2 a 2. As partidas só foram realizadas após julgamento do Tribunal de Justiça Desportiva (TJD),punir o Cuiabá com a perda de 30 pontos na primeira fase.
 
De acordo com treinador do Dourado na Copa FMF, Eduardo Henrique, mesmo discordando da decisão, a equipe não irá recorrer da punição imposta pelo TJD.
 
“Acreditamos que o tribunal tenha se equivocado nas duas sentenças, tanto no indulto ao jogador Sávio, quanto nos pontos totais que foram tirados da nossa equipe na competição. Mas entendemos que não seria bom paralisar mais uma vez o campeonato e que isso iria prejudicar as outras equipes, por isso não iremos recorrer”, afirmou o treinador.
 
Ainda de acordo com o treinador, a eliminação do Dourado da competição irá prejudicar a preparação da equipe Sub-19 que disputará a Copa São Paulo de Futebol Junior, em janeiro de 2019.
 
“Perdemos a chance de disputar pelo menos mais duas partidas em nível de competição, o que seria importante para nossos atletas manterem o ritmo de jogo e chegar na Copa São Paulo bem preparados. Vamos agora realizar amistosos e jogos treinos com a equipe profissional do Cuiabá” declarou.
 
A punição
 
O TJD decidiu pela perda de 30 pontos do Cuiabá por escalação irregular do atleta em cinco das seis partidas na primeira fase e ainda uma multa financeira no valor de mil reais por partida, totalizando cinco mil reais. Com a punição Dourado que tinha conquistado 18 pontos na primeira fase, encerrou sua participação com menos 12 pontos.

ATENÇÃO: Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do 24 Horas News