Depoimento de Najila é peça-chave para concluir investigação do caso Neymar

iG Esporte | 16/07/2019 09:00:24

Inquérito investiga o vazamento de fotos íntimas da modelo por parte do jogador, que pode pegar, segundo o Código Penal, até cinco anos de prisão

A DRCI (Delegacia de Repressão aos Crimes de Informática) do Rio de Janeiro ainda aguarda pelo depoimento que Najila Trindade prestou em São Paulo, na 6ª Delegacia de Defesa da Mulher, para concluir a investigação da divulgação de fotos íntimas da modelo no Instagram de Neymar.

Najila foi ouvida no mês passado, na capital paulista, a pedido da DRCI. O depoimento da moça que acusa o jogador de agressão e estupro na cidade de Paris, em maio, foi enviado por malote à capital fluminense.

Sobre o caso das fotos vazadas, já prestaram depoimento o próprio Neymar, um assessor do jogador identificado como Alex Bernardo e um homem contratado para fazer a edição do vídeo que foi publicado na redes social.

Na gravação, o atacante se defende da acusação de estupro feito contra ele por Najila e exibe conversas no WhatsApp com a moça. Nos diálogos é possível observar fotos íntimas que a modelo enviou ao atleta do PSG.

No seu depoimento, Neymar afirmou que Alex foi o responsável por fazer a divulgação do vídeo em sua conta no Instagram, sendo que ele passou para o funcionário os seus diálogos com Najila para que fossem editados e colocados no ar.

Alex confirmou a versão do jogador e contou ter contratado um homem para fazer a edição.

Neste inquérito, Neymar e seu assessor são investigados por divulgar as imagens de nudez sem o consentimento de Najila - este tipo de crime está previsto no artigo 218-C do Código Penal, com pena de um a cinco anos de prisão.