NA CASA DO VOVÓ

Depois de escapar de incêndio, Kennedy Lucas retorna a Cuiabá e recebe o carinho da avó, sua incentivadora

Redação 24 Horas News | 10/02/2019 08:36:04

Dez de seus amigos de treinos e jogos morreram queimados. Ele escapou da morte ao perceber logo o incêndio e sair correndo.

Kennedy Lucas, 14 anos, já está no bairro Praeirinho, onde reside sua família e onde começou a dar seus primeiros passos como craque de bola, jogando sempre na lateral esquerda. O jovem jogador, considerado de futuro promissor era um dos futuros craques do futebol brasileiro e mundial que estavam no Centro de Treinamento e alojamentos do Flamengo, no Ninho do Urubu. Dez de seus amigos de treinos e jogos morreram queimados. Ele escapou da morte ao perceber logo o incêndio e sair correndo.

A jovem promessa cuiabana recebeu autorização da diretoria do Flamengo para retonar a Cuiabá já na noite de sexta-feira e no sábado foi recebido pelo pai e parentes no Aeroporto Marechal Rondon e em seguida foi para casa comer arroz com feijão e bife feito pela avó, que ajudou a criá-lo e sua grande incentivador no futebol. Mas, em nenhum momento demonstrou alegria, ao contrário, não escondia a tristeza das dantescas cenas que viu durante o incêndio no alojamento. Amigos deixando o local com jogo nas roupas, e os dez que queimavam em seus quartos sem que ninguém pudesse fazer nada.

Recebendo vizinhos e amigos na humilde casa da vovó, no Praeirinho, o jogador não quis falar muito sobre o que aconteceu e nem mesmo sobre seu futuro no futebol. A avó disse que ele está abalado e agora será hora de receber o conforto da família, se recompor emocionalmente ir em frente. Ela garante que vai continuar dando apoio a ele e que espera que em breve dias possa retornar ao Rio de Janeiro, ao Flamengo, clube que adora, para dar continuidade ao seu sonho de ser um grande jogador.