Faixa "Fogo Neles" produzida para Botafogo x Flamengo no NBB revolta torcedores

iG Esporte | 14/05/2019 15:35:31

A faixa, que seria usada pelos torcedores alvinegros, foi considerada de mau gosto pelos torcedores do Flamengo, por remeter ao incêndio no Ninho

O quarto jogo entre Botafogo e Flamengo, pelas semifinais do NBB, acontece somente às 21h desta terça-feira, em General Severiano, mas gerou uma grande polêmica muitas antes do confronto. O problema é que faixas foram produzidas com a frase "Fogo Neles" para que os alvinegros usem nas arquibancadas do ginásio.

O problema é que a expressão da torcida do Botafogo foi considerada de mau gosto e até ofensiva pelos torcedores do Flamengo, porque faz remeter ao incêndio no Ninho do Urubu, na qual dez meninos morreram e três ficaram feridos em 8 de fevereiro de 2019.

Torcedores dos dois clubes se manifestaram de forma negativa em relação à faixa. Procurado, o Botafogo disse que está se inteirando do assunto para se posicionar de forma oficial. O clube cancelou a ação de distribuição das faixas e explicou, em nota, que que os adereços foram cedidos:

"O Botafogo recebeu doações de faixas, balões e outras surpresas para reservar ao seu torcedor uma grande festa no jogo contra o Flamengo, pelo NBB, nesta terça. Essa foi a nossa única motivação: criar a melhor experiência para os alvinegros nesse dia de casa cheia.

Cabe destacar que o termo utilizado é um bordão da torcida, sem qualquer objetivo de provocação. Para evitar polêmica ou interpretações diferentes dessa, as faixas serão utilizadas em outra oportunidade".

Sobre o jogo

O Alvinegro precisa de outra vitória (perde o confronto por 2 a 1) para manter manter vivo o sonho de chegar à final, o Rubro-Negro busca frear a reação do rival, se garantir na decisão e evitar uma repetição do roteiro da temporada 2016/2017, quando abriu 2 a 0 no confronto diante do Pinheiros, pelas quartas de final, mas acabou eliminado após levar uma virada que parecia improvável. O duelo acontece no ginásio Oscar Zelaya, casa do Botafogo, após dois mandos de quadra do Flamengo no Tijuca Tênis Clube.