Federação de Motociclismo afasta pilotos por dois anos após briga na Costa Rica

Ig Esportes | 25/03/2019 14:50:06

Os pilotos Marion Calvo e Jorge Martínez disputavam posição quando um deles caiu da moto e, ao levantar, ambos trocaram socos e empurrões

Nesta semana dois pilotos do Campeonato Nacional de Motos da Costa Rica foram suspensos por dois anos após uma briga durante corrida no mês passado.

Durante a primeira rodada do Campeonato, no circuito South Park, os pilotos seguiam por uma reta e, durante uma disputa de posição, Marion Calvo e Jorge Martínez ficaram muito próximos um do outro e Martínez acabou caindo de sua moto, o que deu início a briga.

Para não cair no meio da pista, Martínez se agarrou na garupa de Calvo e assim que percebeu o piloto parou. Martínez então se levantou e deu um soco em Marión fazendo-o cair da moto. Ofendido, Marión se levantou e foi para cima de Martínez desferindo socos e empurrões.

A briga foi rápida e cada um foi para um lado a fim de tentar continuar na prova. Veja as imagens do ocorrido abaixo:

A equipe de fiscais da prova pediu para que Marion Calvo se dirigisse imediatamente aos boxes após a confusão e uma bandeira roxa foi hasteada na pista. Já Martinez abandonou a prova, pois sua moto ficou totalmente destruída.

Após analisar a confusão, a filial latino-americana da Federação Internacional de Motociclismo, chamada de FIM, determinou a suspensão da dupla por dois anos.

A Federação considerou a punição baseada na luta dentro da pista e pelos dois terem colocado os outros pilotos em risco, já que a moto de Martínez atravessou a pista enquanto outros competidores estavam passando.

As imagens da briga de Calvo e Martínez se espalharam rapidamente pela internet e geraram debate sobre a violência nos esportes de corrida. Achou que a punição para a confusão causada pela dupla foi justa? Deixe seu comentário abaixo.