REANIMADO

Lutador tem enfarte no ringue e é reanimado; vídeo mostra queda

Um ataque cardíaco e uma insuficiência renal derrubaram o lutador Clovis "C.J." Hancock

| 08/11/2017 11:56:46
Reprodução/YouTube

Um ataque cardíaco e uma insuficiência renal derrubaram o lutador Clovis "C.J." Hancock em pleno segundo round de um combate na Legacy Fighting Alliance (LFA) 26. A transmissão do confronto, no qual o americano enfrentava Charlie Ontiveros, mostrou o momento em que C.J. coloca a mão no peito e cai para trás no ringue. O adversário chegou a celebrar a suposta vitória, ao imaginar que o enfarte era um nocaute, mas o árbitro e médicos logo correram para acudi-lo. 

A luta ocorria no card preliminar do LFA 26, na última sexta-feira, no estado americano do Texas. Em mensagem aos fãs no Facebook, C.J. frisou que os médicos o aconselharam a parar de lutar. Ele ainda investiga o porquê do ataque cardíaco, mas considera relevante o enorme esforço nas vésperas da luta para bater o peso da categoria.

"Bom, eu morri no ringue... (Mas) Eu estou bem. Meu coração parou, e eu tive insuficiência renal. Eles fizeram massagem cardíaca e usaram o desfibrilador duas vezes para me trazer de volta. Ainda não tenho certeza sobre o que aconteceu (...) O médico falou para eu não lutar mais. Eu estou arrasado. Acho que só vou ser técnico agora", escreveu o lutar, que avalia o risco de participar de outros combates.

De acordo com a emissora local "ABC 13", C.J. precisou perder 20 quilos para bater o peso da categoria e poder lutar naquela sexta-feira. Ele baixou seu peso natural, de cerca de 95 quilos, para 77,1 quilos com dieta e longas sessões de sauna.

"Havia algumas vezes em que eu saía da sauna, estava tonto, com náuseas e com vontade de vomitar, mas não havia nada no meu estômago. E eu sabia que havia algo errado, mas eu pensei que poderia lidar com isso", ressaltou à rede americana.


 

 

Fonte: Extra

ATENÇÃO: Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do 24 Horas News