PSG e Real Madrid negociam troca entre Neymar e Bale, diz jornal

Lance | 21/07/2019 16:20:06

Com negociações para retorno ao Barcelona travadas, brasileiro pode acabar no time de Zidane, que ontem disse que "seria melhor" galês deixar o Real

Com os dias contados no Real Madrid, Gareth Bale pode ir para o PSG em troca por Neymar, segundo fontes do jornal inglês The Independent. Ambos os jogadores vivem situações delicadas em seus respectivos clubes e a tendência é que sejam negociados.

Ainda de acordo com a publicação inglesa, o PSG quer um nome forte para seu elenco para começar um novo projeto de reformulação e que o entorno de Neymar ofereceu o atacante ao Real Madrid nos últimos dias, tendo em vista que as negociações com o Barcelona não estão caminhando.

Em pré-temporada, o treinador Zinedine Zidane nem sequer relacionou Bale para a disputa do último amistoso, neste sábado (20), contra o Bayern de Munique (os Merengues foram derrotados por 3 a 1). Após a partida, o francês disse que "seria melhor" que Bale deixasse o clube "amanhã". Em resposta, o empresário do galês, Jonathan Barnett, disse que Zizou "é ingrato".Barnett também não deu pistas de qual será o futuro de Bale. O inglês pontuou que não sabe o que o Real Madrid está fazendo para definir essa questão. O jogador é especulado no Bayern de Munique ou um possível retorno ao Tottenham. O galês é avaliado em 101 milhões de euros (R$ 424 milhões) e tem contrato até 2022.

Neymar também não vive boa fase no PSG. O diretor de futebol do clube, Leonardo, ressaltou (novamente) que ainda não recebeu nenhuma oferta pelo jogador e o treinador Thomas Tuchel pontuou que o brasileiro vai integrar o elenco no próximo amistoso dos parisienses.

A imprensa europeia especula frequentemente o futuro de Neymar. Segundo aponta o jornal português 'A Bola', a Juventus também tem interesse e vai fazer uma oferta para os parisienses nos próximos dias, incluindo Paulo Dybala e Blaise Matuidi na negociação. O empresário israelense Pini Zahavi tomou a frente da negociação e a Juve espera ter uma reunião, ainda nesta semana, com os dirigentes parisienses.