Rogério Ceni não suporta pressão e é demitido do comando do São Paulo

| 03/07/2017 14:10:05

Diretoria do clube paulista anunciou a demissão via comunicado oficial; ele deixa o clube após 35 jogos em seis meses e 50,4% de aproveitamento

Rogério Ceni não suportou a sequência de resultados ruins e foi demitido do São Paulo . O anúncio foi feito na tarde desta segunda-feira via comunicado oficial no site do clube paulista. Nos últimos seis jogos do Campeonato Brasileiro, foram quatro derrotas e dois empates, o que deixou o time na zona de rebaixamento da competição.  

Leia também: Maradona é acusado de assédio após final da Copa das Confederações

Apesar do mau momento, Rogério Ceni era um dos poucos poupados pela torcida são-paulina em diversos protestos, visto que ele é um dos maiores ídolos - quiçá o maior - da história do clube. Ao todo, foram seis meses de trabalho e 35 jogos disputados, com 14 vitórias, 11 empates e 10 derrotas, um total de 50,4% de aproveitamento.

Rogério Ceni não é mais técnico do São Paulo
Twitter/Reprodução
Rogério Ceni não é mais técnico do São Paulo

O ex-goleiro ainda viu seu time ser eliminado no Campeonato Paulista, Copa do Brasil e Copa Sul-Americana. Nesta última competição o vexame foi grande, já que o responsável pela queda foi o modesto Defensa Y Justicia, da Argentina, em pleno Morumbi.

Leia também: Ladrões invadem casa de jogador do Chile e levam mais de R$ 6 milhões em bens

Ceni deixa o comando técnico do São Paulo três dias depois do seu auxiliar, o inglês Michael Beale, pedir demissão. Ele alegou problemas de adaptação no Brasil para justificar a decisão. As mudanças no elenco, porém, já que muitos jogadores saíram e chegaram, entristeceram tanto Rogério quanto Beale.

O trabalho no clube onde foi ídolo e conquistou todos os títulos possíveis foi o primeiro como treinador. Ele, que encerrou a carreira de jogador profissional no final de 2015, passou o ano de 2016 fazendo estágios em times da Europa e alguns cursos também no Velho Continente.

Leia também: Copa das Confederações confirma força alemã e consolida o árbitro de vídeo

Confira o comunicado:

"O São Paulo FC comunica que Rogério Ceni deixa o comando técnico de sua equipe principal. Em sua passagem como treinador, Ceni demonstrou a dedicação e o empenho que o caracterizaram como atleta. Desejamos boa sorte a este que sempre será um dos maiores ídolos de nossa história. 'O respeito e o reconhecimento pela grandeza de Rogerio Ceni, como figura histórica desta instituição, serão eternamente celebrados"' disse o presidente Carlos Augusto de Barros e Silva."