Thiago Motta renova com PSG e encerra rumores de volta ao futebol italiano

| 04/07/2017 11:10:03

"Eu tenho uma história especial com este clube, que colocou muita fé em mim durante esses últimos cinco anos", disse o jogador

Após rumores sobre sua volta ao futebol italiano, o volante Thiago Motta frustrou o Genoa e a Inter de Milão ao renovar, nesta terça-feira, seu contrato com o Paris Saint-Germain por mais um ano, até o fim da temporada 2017/2018.

Leia também: Promessa da Itália, Donnarumma entra em acordo com Milan para renovação

Aos 34 anos da idade, parecia improvável que o jogador brasileiro naturalizado italiano continuaria no clube parisiense, onde está desde 2012 e já realizou mais de 200 partidas. As incertezas da permanência de Thiago Motta no futebol francês chamou atenção de alguns clubes italianos, principalmente da Internazionale e do Genoa.

Ítalo-brasileiro Thiago Motta renovou com o PSG até o fim da temporada 2017/2018
PSG - Paris Saint-Germain / Divulgação
Ítalo-brasileiro Thiago Motta renovou com o PSG até o fim da temporada 2017/2018

A extensão do contrato do meio-campista foi anunciada no site oficial do PSG por meio de uma nota. "O Paris Saint-Germain tem o prazer de anunciar a extensão do contrato de Thiago Motta por mais uma temporada. O jogador está agora vinculado ao clube principal até 30 de junho de 2018", disse o comunicado oficial.

Leia também: Saiba quem é a jornalista russa que acusou Maradona de assédio sexual

Já o jogador, em entrevista ao site oficial do clube, agradeceu a entidade e destacou sua história no PSG; "É um grande prazer estender meu contrato com o Paris Saint-Germain. Eu tenho uma história especial com este clube, que colocou muita fé em mim durante esses últimos cinco anos. A aventura continua e estou muito feliz. Continuaremos a ser competitivos e daremos tudo para ir o mais longe possível em todas as competições nas quais participaremos", concluiu.

Leia também: Copa das Confederações confirma força alemã e consolida o árbitro de vídeo

A carreira do ítalo-brasileiro

Revelado pelo Juventus da Mooca e de ascendência italiana, Thiago Motta chegou ao futebol europeu em 1999 para defender o Barcelona . O meio-campista ainda atuou no Atlético de Madri, Genoa e Internazionale. Thiago Motta foi autorizado pela Fifa a defender oficialmente a Itália em 2010, após não ter muitas oportunidades de ser convocado para a seleção brasileira - foi chamado pela equipe sub-23 que o Brasil levou para a Copa Ouro de 2003, jogando duas partidas e ficando com o vice-campeonato.