JULGAMENTO ADIADO

União pede adiamento de ação onde pede impeachment de Dresch, presidente da FMF

Jornalista Jonas Jozino | 23/11/2019 06:32:24

Este julgamento já deveria ter acontecido, mas foi adiado outras duas vezes devido a ausência de auditoria realiza contra o clube. Agora o adiamento, segundo o clube do sul de Mato Grosso foi motivada pelo fato de seu advogado,

Com esperança de ser indicado para a Copa do Brasil de 2020, logo na fase inicial, no lugar do Cuiabá, que como campeão da Copa Verde só vai entrar na competição nas oitavas de final, o União decidiu solicitar o adiamento do julgamento que solicitou junto ao Superior Tribunal de Justiça Desportiva da Confederação Brasileira de Futebol – CBF- contra o presidente da Federação Mato-grossense de Futebol, Aron Dresch. O clube de Rondonópolis pede o impeachment do dirigente.

 Na ação, o União alega que Dresch não permitiu que o clube regularize seus jogadores para a disputa do Campeonato Mato-grossense Sub-19 do ano passado. A diretoria ficou irritada com a decisão que foi baseada em atender a uma solicitação do Tribunal Regional do Trabalho contra o União por não pagamento de direitos trabalhistas de seus jogadores. O clube apelou para o STJD.

 Este julgamento já deveria ter acontecido, mas foi adiado outras duas vezes devido a ausência de auditoria realiza contra o clube. Agora o adiamento, segundo o clube do sul de Mato Grosso foi motivada pelo fato de seu advogado, Reidner Souza, residente no Rio de Janeiro, onde fica a sede da CBF, não  ter tido condições de se dirigir até Curitiba, no Paraná, onde em sessão itinerante do STJD aconteceria o julgamento da ação.