Ações preventivas sobre álcool e drogas contemplam 1,3 estudantes e professores em Itiquira

| 21/08/2017 11:55:06

POLÍCIA JUDICIÁRIA CIVIL

Assessoria | PJC-MT

Aproximadamente 1,3 mil pessoas, entre alunos e professores do ensino fundamental e médio, participaram dos trabalhos sociais preventivos, realizados pela Polícia Judiciária Civil, no município de Itiquira (357 km ao Sul da Capital).

Os eventos realizados neste mês atendem demanda da Assessoria Pedagógica do município, com o objetivo de estabelecer estratégias para o enfrentamento coletivo dos problemas causados pelo uso de drogas lícitas e ilícitas e outras violências.

Ao todo, 16 ações aconteceram nas escolas municipais Anfilófio de Souza Campos e José Rodrigues, e nas escolas estaduais Dom Aquino Correa e Bonifácio Sachetti, por meio dos programas sociais: "De Cara Limpa contra as Drogas", "Rede Digital pela Paz" e "De Bem com a Vida", desenvolvidos pela equipe da Coordenadoria de Polícia Comunitária.

Os programas promoveram palestras com os estudantes sobre álcool, drogas, bullying, encontro formativo com professores, simpósio, além de  caminhada com o tema a família.

Durante as apresentações,  os participantes receberam informações e esclarecimentos sobre os malefícios do consumo de álcool e drogas, em interface com a temática da violência, foco na prevenção preocupada em assegurar o respeito aos direitos humanos, bem como a promoção da saúde, a redução dos fatores de risco e o fortalecimento de fatores de proteção, sobretudo, reduzindo as vulnerabilidades.

O investigador Ademar Torres de Almeida, gerente do projeto De Bem Com a Vida, informou que as atividades preventivas desenvolvidas têm como premissa orientar os jovens para evitar que o consumo problemático de drogas se converta em um problema de grande magnitude, baixando o custo social decorrente.

"As estratégias de prevenção realizadas tiveram como horizonte a cultura da paz na escola, a promoção da saúde, a redução dos fatores de risco e o fortalecimento de fatores de proteção", disse  Ademar.

A investigadora Laura Léa, coordenadora do De Cara Limpa Contra as Drogas, falou sobre o programa que atua na região metropolitana e, está se fortalecendo no interior com palestras em diferentes áreas do conhecimento, voltadas a apresentação dos malefícios do consumo de drogas.

"Além das ações dentro das escolas, o programa organiza uma vez por ano a Corrida de rua De Cara Limpa Contra as Drogas, visando a divulgação do combate ao consumo de entorpecentes", destacou.

A assessora pedagógica do município de Itiquira e professora, Ellen Regina Carmargo, frisou a importância dos projetos sociais estarem discutindo as temáticas álcool, drogas e bullying no município, tendo em vista que aumentou a situação de risco da comunidade, que mostra um percentual preocupante de pessoas envolvidas com o uso do álcool, tabaco, bem como diversas drogas ilícitas como maconha.

 



Fonte: PJC MT