AMIGAS ASSASSINAS

Amigas são detidas suspeitas de matar adolescente

G1 | 20/03/2019 05:43:36

Corpo de Ana Clara, 13 anos, foi achado em lote baldio da cidade. Segundo Polícia Civil, trio cometeu assassinato porque vítima teria paquerado garotos de quem duas delas gostavam e estaria devendo dinheiro à terceira.

A Polícia Civil deteve três suspeitas de matar uma adolescente que estava desaparecida em Águas Lindas de Goiás, no Entorno do Distrito Federal. Depois de seis dias sumida, Ana Clara Santana da Silva, de 13 anos, foi encontrada morta em um terreno baldio. A corporação apreendeu duas menores e prendeu uma mulher, amigas da vítima, que, segundo as investigações, decidiram assassinar a menina porque ela "deu em cima" de garotos que elas gostavam e estaria devendo dinheiro à maior de idade.

O G1 não conseguiu identificar quem são os advogados que representam as detidas para pedir um posicionamento sobre o caso.

Ana Clara desapareceu depois de ir a uma festa de carnaval no último dia 6 de março. O corpo dela foi achado em um lote baldio no dia 11, já em avançado estado de decomposição.

O delegado Cléber Martins, responsável pelas investigações, apurou que o trio levou a vítima a um lugar ermo “onde a agrediram fisicamente, de início por meio de chutes e socos”. Também de acordo com ele, em seguida, as autoras passaram a agredi-la com pedras e até uma garrafa quebrada.

Também conforme Martins, logo depois do crime, a mulher maior de idade fugiu para uma cidade no Distrito Federal e as adolescentes continuaram a morar na cidade, seguindo suas vidas normalmente. Depois de ouvir testemunhas, a Polícia Civil identificou as três como autoras dos crimes e realizou as detenções segunda-feira (18).

Conforme Martins, “todas envolvidas na morte da jovem Ana Clara já se encontram encarceradas e à disposição da Justiça”.