Bolsonaro sobre avó de Michelle: “Parente bom é parente longe”

Manoela Albuquerque | 14/08/2019 23:00:05

Presidente criticou a divulgação da internação da avó da primeira-dama em um hospital público do Distrito Federal

Alan Santos/PR

O presidente Jair Bolsonaro (PSL) criticou, na noite desta quarta-feira (14/08/2019), a divulgação da internação da avó da primeira-dama, Michelle Bolsonaro, em um hospital público do Distrito Federal. Para ele, a intenção da imprensa foi de macular a imagem da esposa. “Como é que pode uma senhora [Michelle], que trata de deficientes, abandonar a vovozinha querida, né?, questionou, ironizando a situação. 

No Hospital Regional de Ceilândia, Maria Aparecida Firmo Ferreira, de 78 anos, disse à Folha de S. Paulo, no sábado (10/08/2019), ter ficado em uma maca improvisada no corredor por dois dias. Só depois da divulgação da informação ela foi transferida para o Instituto Hospital de Base, onde passou por uma cirurgia e foi internada na Unidade de Tratamento Intensivo (UTI).

Bolsonaro não explicou se a esposa teve algum problema com a avó no passado, mas disse ter tido contato com a idosa apenas uma vez.

“A família dela é enorme. Aqui, estão abertas as portas, se quiserem visitar a gente. Agora, a avó dela tem uma vida pessoal. É bastante idosa, uma pessoa completamente livre. Não sei do relacionamento dela com os seus oito filhos. É família, né? O meu pai dizia lá atrás: ‘Parente bom é parente longe’, completou.

Distrito FederalAvó de Michelle Bolsonaro tem alta da UTI e se recupera em enfermariaMaria Aparecida, 78 anos, fraturou a bacia e ficou dois dias à espera de cirurgia em uma maca improvisada no Hospital Regional da Ceilândia

Jornalista: Manoela Albuquerque