VIOLÊNCIA SEM FIM

Corpo de taxista morto a facadas e degolado é encontrado no lixão do Barreiro Branco, em Cuiabá

A esposa da vítima recebeu imagens da vítima amarrada, mas ainda viva, e depois já degolado

Trindade/Redação 24 Horas News | 09/08/2017 10:53:57
Foto? Reprodução


VIOLÊNCIA SEM FIM – Policiais  da de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP) estão fazendo a liberação do corpo do taxista Douglas da Silva Dantas, de 34 anos, encontrado morto e degolado dentro do carro dele, um Gol vermelho, abandonado próximo à lagoa do lixão do bairro Barreiro Branco, antigo local de “desovas” de corpos de pessoas assassinadas em Cuiabá. O taxista foi morto a facadas e degolado.

Os policiais da DHPP investigam o assassinato de Douglas da Silva, que sumiu na noite desta terça-feira, 8. A esposa dele – nome não divulgado -. Recebeu uma fotografia do companheiro com as mãos amarradas e ainda vivo, através do WhatsApp, e posteriormente o taxista já degolado.

A mulher diz que entrou em pânico, mas acionou imediatamente os parentes, enquanto  um irmão dela procurou a Polícia para comunicar o fato. Logo, os policiais entraram em diligências, na tentativa de localizar o taxista, encontrado morto na manhã desta quarta-feira, 9.

Os familiares da mulher e de Douglas da Silva foram para o local e fizeram o reconhecimento do corpo, que já está sendo removido para o Instituto Médico Legal (IML).

A Polícia confirmou a execução, mas ainda desconhece os motivos do crime. A Polícia também investiga uma informação de que a vítima teria pelo menos três passagens pela Polícia.

 


ATENÇÃO: Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do 24 Horas News