MORTO A TIROS

Empresário acusado de sonegar R$ 140 mi em MT é assassinado em Cuiabá

Redação 24 Horas News / | 10/02/2019 18:49:08

Vìtima foi apontado pelo MPE como chefe de uma quadrilha da Operação Crédito Podre

A Polícia Militar do Estado de Mato Grosso foi acionada por uma denúncia, onde havia um homem morto a tiros dentro de um carro, próximo a um dos maiores shoppings de Cuiabá. No local, os policiais encontraram o corpo de um homem.

Chegando ao local, a PM se deparou com o corpo de um homem alvejado a tiros por pistola. Se trata do empresário Wagner Florêncio Pimentel, 47 anos, apontado pelo Ministério Público Estadual (MPE) como chefe de uma quadrilha que sonegou R$ 140 milhões em impostos, o caso foi registrado nessa madrugada deste domingo (10) no Bairro Jardim das Américas.

Sem documentos e com tornozeleira eletrônica, homem é assassinado próximo a Shopping no Coxipó

Wagner chegou a ser preso em 2018 e foi solto com medidas cautelares, como o uso de tornozeleira, proibição de frequentar a Secretaria de Estado de Fazenda (Sefaz) e também de se sair do estado.

O Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) foi acionada e constatou a morte do empresário.

Uma equipe da Perícia Oficial e Identificação Técnica (Politec) esteve no local e encontrou cinco cápsulas de munição calibre 9 mm.

O corpo de Wagner foi encaminhado ao Instituto Médico Legal (IML). A Polícia Civil procura pelo suspeito de assassinar o empresário.