MÃE EXPULSA FILHO GAY

Garoto de 13 anos apanha e é expulso de casa pela mãe, após avisar que é gay

Jornalista Jonas Jozino | 18/06/2019 11:39:10

O garoto, que resolveu assumir sua sexualidade disse que houve um desentendimento com a mãe que o expulsou de casa. Por conta da situação, foi procurar o Conselho Tutelar. Ele relatou ainda que mora no bairro Jardim Glória I, mas como a unidade de lá já estava fechada, caminhou até o bairro Cidade de Deus.

Um garoto, de apenas 13 anos sofreu violência da própria mãe, que lhe deu vários tapas no rosto e ameaçou cortar as pontas dos dedos e a língua. Tudo porque o menino resolveu contar para a genitora que é gay. A criança, revoltado com as surras não se intimidou com as ameaças e procurou ajuda junto ao conselho Tutelar de Várzea Grande.

O garoto, que resolveu assumir sua sexualidade disse que houve um desentendimento com a mãe que o expulsou de casa. Por conta da situação, foi procurar o Conselho Tutelar. Ele relatou ainda que mora no bairro Jardim Glória I, mas como a unidade de lá já estava fechada, caminhou até o bairro Cidade de Deus.

No Conselho Tutelar ele esclareceu que não quer mais voltar para a casa, devido ao fato da mãe não aceitar sua homosexualidade. Ele relatou que essa não é a primeira vez que a genitora faz ameaças similares. Da última vez, ele procurou uma assistente social do Fórum de Várzea Grande, que lhe orientou a buscar ajuda de conselheiros tutelares, caso a situação se repetisse.

O adolescente foi encaminhado para um lar onde passou a noite. O caso será encaminhado para a Delegacia Especializada de Defesa da Mulher, Criança e Idoso de Várzea Grande.