GCCO prende mulher acusada de receber resgate de sequestro de cigano na Bahia

| 25/08/2017 16:05:05

POLÍCIA JUDICIÁRIA CIVIL

Uma mulher acusada de extorsão mediante sequestro foi presa em flagrante, pela Gerência de Combate ao Crime Organizado (GCCO), da Polícia Judiciária Civil, nesta sexta-feira (25.08), quando tentava sacar o dinheiro do resgate, em um banco em Várzea Grande. Na conta de Girelene Souza Nascimento foi depositado R$ 155 mil, relacionado ao sequestro de um cigano no Estado da Bahia.

A prisão da suspeita aconteceu após a equipe da Polícia Civil de Ilhéus, sul da Bahia, entrar em contato com a equipe do GCCO, informando que parte do dinheiro do resgate foi depositado em uma conta em Mato Grosso.  A informação veio após a prisão de Anderson Santos Weber, conhecido como “Leo”, preso na Bahia, acusado de participação no sequestro do cigano, ocorrido no dia 08 de agosto.

Em interrogatório, o suspeito disse que recebeu R$ 490 mil pelo resgate da vítima, dos quais R$ 155 mil foram depositados em uma conta da agência Itaú, pertencente a Girelene. O restante do valor foi dividido entre integrantes da quadrilha. A vítima continua desaparecida.

Diante da informação, a equipe do GCCO identificou a proprietária da conta, conseguindo realizar a prisão em flagrante da suspeita, nesta sexta-feira (25), na agência do Banco Itaú, na Avenida Couto Magalhães, no momento em que ela tentava sacar o dinheiro. A acusada foi conduzida ao GCCO, onde será interrogada e lavrado o flagrante pelo crime de extorsão mediante sequestro.

 

 



Fonte: PJC MT