GREVE NA EDUCAÇÃO

Greve na Educação do Estado é confirmada para o dia 27

Redação 24 Horas News / | 20/05/2019 17:48:36

Greve da próxima segunda tem apoio de pelo menos 105 municípios

(Fotos: Alair Ribeiro/MN)

Com apoio de 105 municípios a greve por tempo indeterminado será levada para discussão aberta e, caso aprovado, a greve terá início na próxima segunda (27), com a paralisação de toda a rede estadual. O presidente do Sintep/MT, Valdeir Pereira, esclarece que foram inúmeras as tentativas de negociações, mas o governo se mantém irredutível e faz o debate apenas sobre a Lei de Responsabilidade Fiscal, e o orçamento do estado”, esclarece.

O encaminhamento do Conselho de Representantes (18 e 19.05) foi pelo enfrentamento ao governo Mauro Mendes, que demonstra total falta de interesse em avançar nas negociações com a categoria. As respostas oficiais foram consideradas evasivas tendo como foco a falta de respeito com os profissionais da educação.

 “Enquanto a Educação não for prioridade faremos à resistência”, destaca o presidente. Para além da exigência do cumprimento da Lei da Dobra do Poder Compra (510/2013), que equipara o salário dos profissionais da Educação às demais carreiras do executivo estadual, de mesmo nível, cobram condições de trabalho, infraestrutura das escolas e equipamentos pedagógicos econvocação para concurso público.

O Sindicato aponta que a greve é resultado das ações do governo em relação à Revisão Geral Anual (RGA), ao escalonamento salarial e ao descumprimento da Lei da Dobra do Poder de Compra.

O sindicato ainda afirma que a Educação de Mato Grosso está sofrendo com a falta de investimentos e cobra qualidade de infraestrutura nas escolas.

“A Educação de Mato Grosso está indo mal por causa da falta de investimento. Tem aluno estudando em escola de lata. O governo esquece que é obrigado a investir na Educação”, declarou Henrique.

Neste momento, professores fazem uma passeata até o centro da Capital, na Praça Alencastro.