Intolerância religiosa no Rio mostra calamidade social, diz diretor ecumênico

| 13/09/2017 18:05:10

O Rio de Janeiro amanheceu com a circulação de vídeos mostrando dois ataques violentos a templos de religiões de matriz afro-brasileira.

 

Nas imagens, criminosos que seriam ligados ao tráfico de drogas, obrigam os próprios religiosos a destruírem peças sagradas e guias.

 

Para o diretor executivo da organização Koinonia, que atua na defesa da liberdade religiosa, Rafael Soares, os casos mostram a gravidade da situação de intolerância religiosa no Brasil.

 




ATENÇÃO: Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do 24 Horas News