IRMÃO FACÍNORA

Irmão mata irmã e joga corpo, totalmente nu, em mata fechada

Redação 24 Horas News | 07/11/2018 09:36:29

Isso não é um irmão. É um mostro. Depois de tentar, sem sucesso, estuprar a própria irmã, Manoel Joadir de Arruda a matou, deixou seu corpo completamente nu e jogado em uma região de mata na Comunidade Água Sul de Cima, em Nossa Senhora do Livramento.

Isso não é um irmão. É um mostro. Depois de tentar, sem sucesso, estuprar a própria irmã, Manoel Joadir de Arruda a matou, deixou seu corpo completamente nu e jogado em uma região de mata na Comunidade Água Sul de Cima, em Nossa Senhora do Livramento. O corpo de Daisy Beatriz de Arruda, 41 anos, foi encontrado pela própria mãe, que desesperada com o sumiço entrou em um matagal a sua procura.

Acionada a Polícia Militar foi ao local onde o corpo de Daisy estava e ouviu o relato da mãe, que em prantos e choro, contou ter a certeza de que o crime fora cometido pelo filho Manoel Joadir. Segundo ela, o filho, na semana passada teria tentado estuprar a irmã e como não conseguiu, avisou que iria matá-la.

A mulher disse ainda que ao pressionar o filho, ele contou que havia matado a irmã e informado o local onde havia deixado o corpo. Logo depois ele teria tentado se matar, impedido, resolveu fugir. Segundo a mãe a filha era alcoolotra e o filho também.

O corpo da mulher estava com sinais de que a vítima foi atingida por 9 perfurações por objeto perfurocortante. As roupas da vítima estavam a aproximadamente 20 metros de onde o corpo foi encontrado.

Foram requisitados exames periciais (local de crime e necrópsia) para auxiliar os trabalhos de investigação.


ATENÇÃO: Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do 24 Horas News