Joice ataca oposição na CCJ: “Mais parece um jardim de infância”

Manoela Albuquerque | 23/04/2019 17:35:06

Em resposta à intervenção da líder do governo do Congresso, deputados do DEM ameaçaram deixar o Plenário

Pablo Valadares/Câmara dos Deputados

A líder do governo no Congresso, deputada Joice Hasselmann (PSL-SP), causou alvoroço no Plenário da Comissão de Constituição e Justiça (CCJ), na tarde desta terça-feira (23/4/19). A parlamentar fez uso da palavra durante a votação de um requerimento da oposição para retirar a votação da Previdência da pauta, o que foi rejeitado depois.

“A preocupação é mais fazer esse discurso aqui, que mais parece um jardim de infância, contra a população brasileira. Está na hora de levar o Brasil a sério”, atacou deputada, demonstrando indignação.

Para tentar adiar a votação do relatório pela admissibilidade da reforma da Previdência, os deputados da oposição usaram o argumento de que o governo não apresentou dados com os cálculos que embasaram o texto. As informações são solicitadas pelos deputados reiteradamente desde que o ministro da Economia, Paulo Guedes, esteve na CCJ.

“Eu acho que eu não tenho que dar aulas a ninguém aqui. Aqui se discute a constitucionalidade. O Rogério Marinho deixou totalmente claro que todos os dados serão entregues a partir de quinta-feira, assim que for instalada a Comissão Especial”, ressaltou a líder do governo.

“Se nós entregássemos os dados, todos eles, a oposição votaria? Não votaria. O que prova, em absoluto, que isso aqui é procrastinatório. Senhores, está ficando feio. Está ficando feio para a CCJ. Está ficando feio para esta Casa. Chega!”, emendou a deputada.

DEM ameaça retirada Em seguida, o deputado Arthur Maia (DEM-BA) retrucou, dizendo que o governo estava obstruindo a votação. “Em nome da liderança do DEM, os deputados aqui me procuraram, não vamos tolerar o governo fazendo obstrução enquanto nós estamos empenhados em votar. Mais uma fala dela [Joice] e os deputados do DEM vão se retirar da votação”, disse, em resposta à líder.

Jornalista: Manoela Albuquerque