Jornalistas da Globo são expulsos de ato pró-Bolsonaro em BH

Isadora Teixeira | 26/05/2019 11:35:08

Os profissionais da imprensa cobriam a manifestação na capital mineira quando começaram a ser perseguidos e hostilizados

Reprodução/Twitter

Manifestantes pró-Bolsonaro expulsaram uma equipe da Rede Globo da Praça da Liberdade, em Belo Horizonte (MG), na manhã deste domingo (26/05/2019). Segundo o Estadão, um repórter e um cinegrafista faziam a cobertura da manifestação favorável ao presidente da República, Jair Bolsonaro (PSL), quando começaram a ser perseguidos e hostilizados com palavrões.

Os profissionais andaram cerca de 400 metros até entrarem em um carro sem a identificação da empresa. A imprensa é alvo de críticas nos discursos proferidos em carros de som, que também são contra o Supremo Tribunal Federal (STF) e o Congresso Nacional.

Os atos pró-governo ocorrem em diversas cidades do país. A pauta das manifestações é diversa, mas, entre outros pontos, é a favor: da Nova Previdência; manutenção do Conselho de Controle de Atividades Financeiras (Coaf) com o ministro da Justiça e Segurança Pública, Sergio Moro; o pacote anticrime, também capitaneado pelo ex-juiz da Lava Jato; a votação nominal da MP nº 870, da reforma administrativa do governo federal; e a operação Lava Toga.

 

Jornalista: Isadora Teixeira