MOTIVOS FÚTEIS

Jovem mata o padrasto a tiros por não aceitar o romance da mãe com a vítima

Trindade/Redação 24 Horas News | 28/08/2017 12:53:57

O homem foi morto a tiros simplesmente porque o assassino não queria que a vítima ficasse com a mãe

Foto: Ilustração

VIOLÊNCIA – Enteado mata padrasto com vários tiros, mais uma vez por motivos fúteis.  Glei Sales Braga, de 38 anos, foi assassinado dentro de casa com um tiro no peito. O crime aconteceu, segundo a Polícia Militar (PM) na  noite desse domingo, 27, dentro da casa, onde a vítima morava com a mãe do assassino.

Segundo a própria mãe de Marlon de Carvalho Teixeira, de  23 anos, acusado de matar Glei Sales, ela ainda teria tentado evitar o homicídio, mas o filho já chegou em casa atirando contra o padrasto.

A mãe do assassino  também contou aos policiais militares que atenderam a ocorrência, que o filho não gostava da vítima e não aceitava o relacionamento dela com Glei.  

 O crime aconteceu na noite deste domingo, no bairro Novo Mato Grosso, em Várzea Grande (Grande Cuiabá). Acionados, policiais militares fizeram buscas, mas não conseguiram prender o acusado.

 Uma equipe de Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) esteve no local e constatou que Glei já estava morto. O corpo dele foi removido para o Instituto Médico Legal (IML) após ser liberado por policiais da Delegacia Especializada de Homicídio e Proteção à Pessoa (DHPP). Até o momento ninguém foi preso.