Juiz decide enviar caso dos R$ 51 milhões de Geddel Vieira Lima ao STF

Possível envolvimento do deputado Lúcio Vieira Lima (PMDB-BA), irmão de Geddel, levou juiz de Brasília a autorizar envio de inquérito ao Supremo

| 13/09/2017 16:15:06
R$ 51 milhões encontrados em
Divulgação/Polícia Federal
R$ 51 milhões encontrados em "bunker" de Geddel Vieira Lima representam a maior apreensão já realizada no País

O inquérito policial que investiga a origem dos R$ 51 milhões encontrados em apartamento utilizado pelo ex-ministro Geddel Vieira Lima será encaminhado ao Supremo Tribunal Federal (STF). A decisão foi tomada nesta quarta-feira (13) pelo juiz Vallisney de Souza Oliveira, da 10ª Vara Federal de Brasília, atendendo a pedido do delegado Marlon de Oliveira Cajado.

O delegado da Polícia Federal alegou ao juiz de Brasília que foram encontrados, durante o cumprimento de mandados de busca e apreensão, "indícios" de que o deputado federal Lúcio Vieira Lima (PMDB-BA), irmão de Geddel Vieira Lima, teria envolvimento com os fatos investigados. Como Lúcio detém prerrogativa de foro privilegiado, o prosseguimento das investigações depende da autorização da Suprema Corte.

Mais informações em instantes


ATENÇÃO: Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do 24 Horas News