OMEGA 2

Ladrões de bancos estão sendo presos nesta sexta-feira durante a Operação Omega-2

Redação 24 Horas News | 07/12/2018 09:02:49

A ação conta com a participação dos policiais civis alunos do 2º Curso de Operações Antissequestro, que finaliza nesta sexta com a atividade operacional, possibilitando aos alunos colocarem em prática a metodologia da capacitação realizada nas duas últimas semanas.

Mais uma operação militar agita Mato Grosso nesta sexta-feira. Mas, ao contrário do que aconteceu durante toda a semana, onde operações foram realizadas contra criminosos do colarinho branco, a de hoje é contra bandidos de alta periculosidade, todos ligados a furtos a bancos. Estão sendo realizado onze mandados de prisão preventiva e 13 ordens de busca e apreensão, na operação denominada Omega 2. Os trabalhos estão sendo realizados por conta da Gerência de Combate ao Crime Organizado (GCCO) e a Delegacia Municipal de Mirassol D’Oeste (300 km a oeste de Cuiabá).

Os alvos desta operação são marginas que moram e operam na criminalidade em Cuiabá, Várzea Grande e Mirassol D’Oeste, este último de membros envolvidos no furto qualificado praticando na agência do Banco do Brasil do município ocorrido em 9 de fevereiro deste ano.

A ação conta com a participação dos policiais civis alunos do 2º Curso de Operações Antissequestro, que finaliza nesta sexta com a atividade operacional, possibilitando aos alunos colocarem em prática a metodologia da capacitação realizada nas duas últimas semanas.

O furto registrado na madrugada de 9 de fevereiro deixou danos nas portas de acesso à agência, que foram arrombadas para que os bandidos tivessem acesso ao cofre do banco. Os criminosos cortaram os mecanismos de acionamento do sistema de alarme e ainda a fiação das câmeras de segurança.

No local foram encontrados abandonados discos de corte, um boné preto e luva. Os suspeitos deixaram a agência pulando o muro da agência que dá acesso ao um terreno vazio.

Os presos serão levados para a sede da Gerência de Combate ao Crime Organizado (GCCO).

 


ATENÇÃO: Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do 24 Horas News