LAUDO

Laudo descarta hantavirose e leptospirose em trabalhadores que desinstalavam secador; um morreu e outro está na UTI em Sorriso

Jornalista Jonas Jozino | 21/08/2017 09:19:50

Também foi coletado material e encaminhado para o laboratório de referência, o MT Laboratório para investigação dos agentes causadores”.

O Hospital Regional de Sorriso continua investigando o que teria provocado a morte de um trabalhador, de 34 anos, e deixado outro, de 33 anos, na Unidade de Terapia Intensiva. A diretora Luciele Benin informou que o hospital recebeu os pacientes e realizou os primeiros atendimentos de acordo com os sintomas apresentados. “A partir daí, iniciou a investigação epidemiológica para identificar possíveis doenças, patologias e agentes causadores. Também foi coletado material e encaminhado para o laboratório de referência, o MT Laboratório para investigação dos agentes causadores”.

Ela explicou também que “alguns resultados preliminares já foram liberados, descartando inicialmente a possibilidade de hantavirose e leptospirose, causadas por vírus e bactérias geralmente presentes em ambientes com a presença de ratos. A equipe médica está aguardando a liberação do resultado da análise da segunda amostra, que foi coletada para descartar com maior segurança essas doenças. Também estamos esperando o resultado de outros exames, que foram encaminhados para laboratórios de referência fora do Estado e levam um tempo maior para ficar pronto. A determinação das causas é importante para evitar que outras pessoas também sejam expostas e adoeçam”, declarou.

A direção disse ainda que em contato com os familiares recebeu informações sobre o ambiente em que os pacientes estiveram trabalhando e então foi comunicado a Vigilância Sanitária que iniciou as investigações (ainda em andamento).

O caso ocorreu no dia 29 de julho. Os dois homens estavam fazendo a desmontagem de um armazém de grãos (não foram informados nome e local onde funciona a empresa) quando tiveram que ir até um fosso, onde ficaram um tempo trabalhando e, quando subiram, começaram a passar mal tendo dores na cabeça. Um procurou a Unidade de Pronto Atendimento (UPA) por três vezes até que foi transferido para o Hospital Regional. O estado de saúde dele se agravou e posteriormente foi transferido a Lucas do Rio Verde, ficou na UTI e faleceu. Na certidão de óbito a causa da morte está como pneumonia viral. Porém, o hospital segue investigando. O segundo trabalhador continua internado na UTI em Sorriso.