SUPER-SALÁRIO

Mauro Mendes revela tem funcionário que serve cafezinho na Empaer recebendo R$ 13 mil por mês

Redação 24 Horas News | 08/01/2019 09:05:17

Segundo Mendes foi detectado que apenas um motorista, lotado na da Empresa Mato-grossense de Pesquisa, Assistência e Extensão Rural (Empaer) tem salário de aproximadamente R$ 15 mil e um servidor que atua na função de serviços gerais ultrapassa os R$ 13 mil.

Motorista com salário de R$ 15 mil ao mês e servidor de cafezinho, recebendo R$ 13 mil ao mês. Estas são algumas das distorções que a nova administração de Mato Grosso, comandada pelo governador Mauro Mendes (DEM) encontrou na folha de pagamento referente ao mês de dezembro do serviço público estadual. A revelação foi feita pelo próprio governador durante participação do programa jornalístico da TV Centro America Bom Dia MT, desta terça-feira.

Ao participar da entrevista, o governador Mauro Mendes (DEM) que os super-salários preocupa e por isso determinou uma completa auditoria na folha de pagamento referente ao mês de dezembro e que começa a ser paga na próxima quinta-feira para quem ganha até R$ 4 mil.

Segundo Mendes foi detectado que apenas um motorista, lotado na da Empresa Mato-grossense de Pesquisa, Assistência e Extensão Rural (Empaer) tem salário de aproximadamente R$ 15 mil e um servidor que atua na função de serviços gerais ultrapassa os R$ 13 mil.

“Tem servidor público que é motorista, de um golzinho, ganhando R$ 15 mil na Empaer. Gente que é serviços gerais, que serve cafezinho, e ganha R$ 13 mil”, confirmou o governador.

Mauro ainda revelou que o salário de um servidor técnico agrícola, nível médio, se aproxima de R$ 20 mil.

“Técnico de nível médio que ganha R$ 17mil. Na verdade, um técnico agrícola ganha de R$ 3 a 4 mil”, confirmou.

Na noite de segunda-feira (07), o governador já determinou que fosse realizada uma auditoria na folha de pagamento do mês de dezembro de 2018. A auditoria, que será realizada pela Controladoria Geral do Estado (CGE), se torna necessária, segundo o governador, para averiguar o que motivou o pagamento desses valores.

Segundo dados publicados pela imprensa, pelo menos 1.076 servidores de Mato Grosso ganham mais de R$ 30 mil. Há caso de remunerações que ultrapassam os R$ 160 mil.

“Pedi uma auditoria na folha para que fossem verificados alguns pagamentos de dezembro que superaram a casa dos R$ 100 mil como a imprensa aqui da Capital noticiou. Há gente com salários de R$ 125 mil e até R$ 170 mil de remuneração. Não estou dizendo que é de salário, mas de remuneração”, declarou Mauro Mendes.