AMIGOS MATARAM

Mulher bate em gestante e acaba assassinada pelos amigos da grávida

Jornalista Jonas Jozino | 25/03/2019 06:31:13

  Segundo delegado, Heloá Santos foi executada após brigar com outra moradora da residência, que está grávida, em Águas Lindas de Goiás. Três suspeitos de cometer o crime estão presos.  

A jovem que foi encontrada morta ao lado de uma mala foi assassinada por pessoas que moravam na mesma casa que ela, em Águas Lindas de Goiás, no Entorno do Distrito Federal, segundo informações da Polícia Civil. O delegado Cléber Martins explicou que o crime aconteceu após Heloá Jade da Silva Santos, de 19 anos, brigar com uma gestante que também morava na residência.

“A vítima brigou com outra moradora, depois de uma bebedeira, e a agrediu fisicamente, sendo que ela está gestante. Diante disso, todos reprovaram essa atitude da vítima, que já tinha problemas pessoais com a moradora, se juntaram e planejaram sua morte”, disse o delegado.

O crime aconteceu na madrugada de quinta-feira (21), às margens da BR-070. Heloá levou um tiro na cabeça.

Horas após o assassinato, o Grupo de Investigações de Homicídios prendeu três pessoas suspeitas de matar a jovem: Valdomiro da Luz Barros Costa, Cássio Rodrigues Sá e Sara Alves da Luz.

O delegado explicou que a vítima morava na mesma casa que Valdomiro, Sara e a gestante. Apesar de não morar no local, Cássio dirigiu o veículo emprestado por Valdomiro, até o local de execução de Heloá.

De acordo com a polícia, todos confessaram ter participado do crime. Outro homem, que tinha uma relação amorosa com a gestante, também é suspeito de matar Heloá. No entanto, até a publicação desta reportagem, ele estava foragido.

“Foi ele [homem que está foragido] quem atirou contra a vítima. Os demais, auxiliaram no planejamento e foram no momento da execução da vítima”, explicou o investigador.