No Guarujá, Bolsonaro deve voltar a Brasília para o domingo de Páscoa

Agência Estado | 20/04/2019 15:05:06

Presidente está hospedado no Hotel de Trânsito dos Oficiais, na mesma suíte em que o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva costumava ficar

Marcos Corrêa/PR

O presidente Jair Bolsonaro (PSL) deve passar a Páscoa em Brasília. Pelo menos é o que disse na noite dessa sexta-feira (19/04/19), depois de sair do Forte dos Andradas, em Guarujá, onde está hospedado desde quinta, na suíte presidencial, após ter comparecido a evento militar na capital. Ele tem evitado o contato com jornalistas que fazem plantão no local. Oficialmente, não houve visita de políticos e autoridades As assessorias do prefeito da cidade, Valter Suman (PSB), e do governador de São Paulo, João Doria (PSDB), garantiram que não existia qualquer visita oficial dos dois a Bolsonaro.

O jornal O Estado de S.Paulo apurou que o presidente está acompanhado da mãe, Olinda Bolsonaro, e aguardava a chegada da mulher, Michelle Bolsonaro.

O presidente saiu pela primeira vez da base militar na noite de sexta, quando foi ao restaurante do Iate Clube de Santos, que fica na Vila Funchao, também em Guarujá.

No retorno, ele brincou que “foi comer uma pizza para manter a forma”. Indagado se passará o domingo de Páscoa em Guarujá, ele afirmou: “Acho que não fico até domingo (amanhã) para chegar bem na segunda-feira”.

Em um rápido contato com a imprensa, Bolsonaro disse que está dando uma mergulhada no mar e passeando. “Coisa que eu não fazia há muito tempo”, disse.

Na sexta, ele teria visitado alguns oficiais do Exército e conhecido alguns canhões históricos que existem dentro do Forte. Até nas mídias sociais, Bolsonaro tem aparecido pouco. A presença da mãe só foi confirmada com a publicação de uma foto em seu perfil oficial nas redes sociais.

Local foi reformado O presidente da República está hospedado no Hotel de Trânsito dos Oficiais, na mesma suíte em que o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva costumava ficar durante seus dois mandatos.

O local foi reformado no fim de 2018 e tem vista para o mar e banheira de hidromassagem. Até a internet ganhou mais força com a chegada de Bolsonaro ao Forte. Uma empresa de telefonia trocou alguns cabos e aumentou a potência de 3G para 4G.

A movimentação de curiosos e fãs foi pequena nesses três dias. Com o forte esquema de segurança feito pela Polícia Militar e pelos soldados e oficiais do Exército, poucas pessoas apareceram para ver o presidente. Alguns entregaram presentes e cartinhas com pedidos na portaria e foram embora.

Jornalista: Agência Estado