Operação Bairro Seguro tem balanço parcial de 62 prisões em Cuiabá

| 25/08/2017 04:55:08

Os dados parciais em Cuaibá da 8ª edição da Operação Bairro Seguro já contabilizam 62 prisões, 19 veículos apreendidos e oito recuperados, 202 pessoas abordadas e 10 armas de fomo apreendidas. A operação foi deflagrada na manhã desta quinta-feira (24.08) de maneira simultânea nos 141 municípios mato-grossenses.

Ainda em Cuiabá, foram cumpridos 60 mandados entre prisões, internações cautelares e prisões temporária, outros 12 mandados de busca e apreensão, 97 termos circunstanciados, 33 flagrantes delitos. O Corpo de Bombeiros fiscalizou 71 estabelecimentos.

O secretário de Segurança Pública, Rogers Jarbas, avalia que as forças têm participado e interagido cada vez mais. A troca de informações é constante, o que favorece o sucesso das operações. “A Operações Bairro Seguro tem como foco o combate ao latrocínio que são as mortes violentas decorrentes de roubo e crimes patrimoniais, além dos homicídios e roubos de forma geral. Estamos atacando também o tráfico de drogas nessa oitava edição, porque sabemos que o tráfico doméstico de drogas tem incomodado a população”, destaca.

O comandante-geral da Policia Militar, coronel Marcos Vieira da Cunha, acrescentou que a PM também desenvolve a operação Cerco Total.

“Os mandados foram cumpridos de forma integrada. O trabalho preventivo vem registrando dados positivos. O que incomoda a sociedade são os pequenos tráficos e combatendo lá na ponta, atingimos o objetivo de aumentar a sensação de segurança”, destacou.

O diretor da Policia Civil, delegado Fernando Vasco Spinelli, afirmou que foi realizado um levantamento pela Delegacia de Repressão a Entorpecentes, que identificou 10 locais suspeitos de funcionarem como bocas de fumo. Junto com a Polícia Militar foi realizado um trabalho integrado no cumprimento das buscas, apoiado pelo canil do Batalhão de Operações Especiais (Bope). Um dos cães foi responsável por identificar porções de entorpecentes escondidos em um terreno baldio, no bairro Santa Isabel.

“Quanto mais próximas estiverem as forças de segurança, com o trabalho em conjunto na troca de informações, mais ganhamos tempo para efetuar as prisões em flagrante. Com essa integração, os índices de criminalidade irão cair”, disse o delegado.

O presidente do Detran, Arnon Osny destacou a Operação Leia Seca que foi ampliada em diversos municípios. Ele acrescentou que o Detran adquirou mais bafômetros para as operações. “Acreditamos que os acidentes com vítimas fatais tendem a diminuir, pois 65% dos casos registrados são provocados pela ingestão de bebida alcoólica e direção”, completa.

O planejamento inclui ainda centenas de ações ostensivas e preventivas ao longo das próximas 24 horas, tais como blitzes, bloqueios, fiscalização de estabelecimentos comerciais pelos Bombeiros e abordagens de veículos e pessoas.

Balanço

Nas sete primeiras operações “Bairro Seguro” deflagradas este ano pela Sesp,  76.720 pessoas foram abordadas. Outras 1.086 foram presas em flagrante e 1.625 conduzidas para esclarecimento. 

Foram ainda cumpridos 624 mandados de prisão, internação cautelar e prisão temporária, além de 584 mandados de busca e apreensões. Foram apreendidos 327 kg de drogas e 251 armas de fogo. 

O número de veículos apreendidos foi de 1.117 e outros 24.410 foram abordados pelos agentes públicos. Outro resultado positivo vem do Corpo de Bombeiros. Desde janeiro deste ano, apenas com a ação integrada, a corporação realizou 701 fiscalizações a estabelecimentos comerciais. 

As ações fazem parte da metodologia de trabalho da Secretaria de Estado de Segurança Pública para o enfrentamento da criminalidade violenta.

Bairro Seguro

A Operação Bairro Seguro é fruto de um planejamento integrado em todos os níveis de ação: estratégico, tático e operacional, atendendo demandas que estavam reprimidas.