PF diz que irmãos Batista cometeram crime após acordo de delação premiada

| 13/09/2017 14:25:06

A Polícia Federal prendeu na manhã desta quarta-feira (13) Wesley Batista, um dos donos da JBS, no âmbito da segunda fase da Operação Tendão de Aquiles.

 

Para o delegado Victor Hugo, chefe da Delegacia de Repressão à Corrupção e Crimes Financeiros, tanto Joesley quanto Wesley continuaram a cometer crimes, mesmo depois do acordo de delação premiada com o Ministério Público. 

 

A ação desta quarta-feira apura o uso de informações privilegiadas para manipular o mercado de ações.

 




ATENÇÃO: Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do 24 Horas News